Atacante afirmou que havia feito um pacto com os dirigentes e que gostaria de ser vendido nos próximos dias, fato que incomodou o treinador Brendan Rodgers

Luis Suarez, atacante do Liverpool
Getty Images
Luis Suarez, atacante do Liverpool

Envolvido em diversos rumores nesta janela de transferências do futebol europeu, o atacante Luis Suárez causou desconforto no Liverpool ao pedir publicamente para ser negociado. Entretanto, conforme publicou o jornal The Guardian nesta sexta-feira, o atleta uruguaio foi reintegrado ao elenco comandado pro Brendan Rodgers após pedir desculpas por suas últimas atitudes.

Clubes de Londres tentam acabar com a hegemonia da dupla de Manchester

Em entrevista ao próprio The Guardian , Suárez afirmou que havia feito um pacto com os dirigentes do Liverpool e que gostaria de ser vendido nos próximos dias, tendo como possíveis destinos Real Madrid ou Arsenal. A declaração incomodou o treinador Brendan Rodgers, que afastou o atacante e afirmou que apenas reintegraria o atleta se um pedido de desculpa fosse feito.

Suárez tem sido constantemente envolvido em rumores sobre ida ao Arsenal. O clube de Londres, inclusive, formalizou uma primeira oferta no valor de 35 milhões de euros (aproximadamente R$109,6 milhões), mas teve a proposta recusada. Na sequência, a expectativa dos dirigentes da equipe da capital era de que 46,5 milhões de euros (cerca de R$145,6 milhões) seriam suficientes, mas o valor também não foi aceito.

Um dos destaques do Uruguai na Copa do Mundo de 2010, Luis Suárez chegou ao Liverpool em janeiro de 2011, contratado por 26,5 milhões de euros (R$83 milhões) em negociação com o Ajax. Desde então, o atacante se tornou um dos principais jogadores e líderes da equipe britânica.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.