Grêmio vence o líder Cruzeiro na Arena e entra no G4 do Brasileiro

Por Gazeta | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Werley, Barcos e Kleber fizeram os gols dos gaúchos. Time mineiro pode perder a ponta do Brasileiro para o Botafogo nesta quinta

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Kleber comemora o terceiro gol do Grêmio em cima do Cruzeiro

Enfim, o Grêmio obteve duas vitórias seguidas no Campeonato Brasileiro. Depois de vencer o Bahia na Fonte Nova, aplicou 3 a 1 no líder Cruzeiro na noite desta quarta-feira, na Arena, e com isso adentrou o G4 do Brasileirão. Werley, Barcos e Kleber marcaram para o time da casa, e Nílton descontou para a equipe mineira, que atuou por um homem a menos desde os 36 da etapa inicial.

Comente esta notícia com outros torcedores

O Cruzeiro dominou o primeiro tempo e teve a grande chance de marcar com Everton Ribeiro, de pênalti, mas Dida defendeu. Minutos depois, Souza foi expulso e deixou o time mineiro com um a menos, mudando o panorama da partida. Na etapa final, o Grêmio se aproveitou da superioridade numérica, dominou o adversário e chegou à vitória com naturalidade.

Com a vitória, o time gaúcho entra no G4, na quarta colocação, com 22 pontos. O Cruzeiro segue dividindo a ponta com o Botafogo, que enfrenta o Internacional nesta quinta, com 25. As duas equipes voltam a campo no sábado. O Grêmio visita o Vasco, em São Januário, enquanto o Cruzeiro receberá o Vitória, no Mineirão.

Assista aos gols do jogo:

O jogo

Elano e Adriano, lesionados, foram desfalques de última hora no Grêmio. Com isso, Souza e Maxi Rodríguez começaram a partida - o uruguaio foi titular pela primeira vez, e foi o dono do primeiro arremate perigoso da partida, aos três minutos, em chute que bateu na zaga e saiu para escanteio. No minuto seguinte, Vinícius Araújo arrematou cruzado e Dida defendeu com segurança.

O Cruzeiro teve mais iniciativa nos minutos iniciais e começou em cima do Grêmio. Aos 10 minutos: Everton Ribeiro costurou a defesa gremista a dribles e arrematou para boa defesa de Dida. Na jogada seguinte, Luan e Vinícius Araújo tiveram a chance na área, mas o time gaúcho conseguiu se safar. O Grêmio respondeu aos 23: Maxi Rodríguez cobrou escanteio e Werley desviou de cabeça com perigo.

Série A do Brasileirão: confira classificação, resultados e artilharia da competição

Aos 27, Vinícius Araújo recebeu cruzamento de Ceará e cabeceou nas mãos de Dida. Três minutos depois, o Grêmio levou perigo em lançamento de Maxi Rodríguez para Kleber, que chutou na zaga e Fábio agarrou firme. Aos 31, após Vinícius Araújo e Ricardo Goulart perderem chance dentro da área, o árbitro Paulo César de Oliveira marcou pênalti em toque na mão de Bressan. Everton Ribeiro cobrou no canto esquerdo de Dida, que se esticou e defendeu.

O Grêmio se animou com a defesa. Aos 36, novo golpe duro no time mineiro: Souza puxou Barcos por trás no meio de campo e recebeu o segundo amarelo, sendo expulso. Marcelo Oliveira retirou Vinícius Araújo para recompor o meio com Leandro Guerreiro. No entanto, o time gaúcho não conseguiu pressionar no final do primeiro tempo.

O início do segundo tempo atrasou cerca de 15 minutos devido a uma queda de energia elétrica parcial na Arena. O Grêmio voltou mais aceso para o segundo tempo, mas com dificuldade para levar perigo ao time visitante. Na primeira chegada, porém, marcou: após escanteio cobrado, a zaga afastou e um novo cruzamento foi feito para Rhodolfo. Ele cabeceou, Fábio deu rebote e Werley mandou para as redes: 1 a 0.

Seedorf comemora gol de pênalti diante do Inter no Maracanã. Foto: Fernando Soutello/Agif/Gazeta PressScocco fez seus dois primeiros gols com a camisa do Inter. Foto: Fernando Soutello/Agif/Gazeta PressRodrigo Caio desvia de cabeça para fazer o gol do São Paulo no empate em 1 a 1 com o Atlético-PR. Foto: Fernando Dantas/Gazeta PressEdu Dracena, zagueiro do Santos. Foto: MIGUEL SCHINCARIOL / Gazeta PressEdu Dracena fez o gol santista contra o Vasco. Foto: Guilherme Dionízio/Gazeta PressMontillo em ação pelo Santos contra o Vasco. Foto: Ivan Storti/SantosRafael Vaz comemora empate do Vasco na Vila Belmiro. Foto: Miguel Schincariol/Gazeta PressChicão comemora primeiro gol pelo Flamengo. Foto: CRISTIANO ANDUJAR/ Agif/Gazeta PressEmerson Sheik enfrenta a marcação do Fluminense. Foto: WAGNER MEIER/ Agif/Gazeta PressJogadores do Criciúma comemoram gol sobre o Náutico. Foto: DEZA BERGMAN/Gazeta PressBill empatou para o Coritiba nos acréscimos contra a Portuguesa. Foto: Heuler Andrey/Agif/Gazeta PressPará e Souza disputam a bola no duelo entre Grêmio e Cruzeiro. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPADida defende a cobrança de Everton Ribeiro, do Cruzeiro. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPABarcos sofre a marcação de Bruno Rodrigo no duelo entre Grêmio e Cruzeiro. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAPedro Tone comemora gol do Vitória. Foto: Romildo de Jesus/Futura PressCuca orienta Luan na vitória diante do Bahia. Foto: Bruno Cantini/Clube Atlético MineiroLeonardo Silva é abraçado após marcar gol. Foto: Carlos Roberto/Hoje em Dia/Gazeta PressDátolo fez sua estreia pelo Atlético-MG contra o Bahia. Foto: Bruno Cantini/Clube Atlético MineiroRonaldinho ao lado do estreante Dátolo contra o Bahia. Foto: Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

Aos 16, o Grêmio encaminhou de vez sua vitória: Barcos recebeu lançamento na área e tirou de Fábio com categoria para fazer o segundo. Willian, que recém entrara no lugar de Everton Ribeiro, respondeu com um belo chute cruzado que Dida espalmou. Aos 21, o time mineiro descontou: Nílton bateu falta da intermediária, a bola desviou no meio do caminho e entrou.

Aos 27, o Grêmio definiu a parada: Alex Telles cobrou falta rasteiro, Fábio defendeu, mas Kleber apareceu no rebote e fez o terceiro gol gremista. O Cruzeiro ainda tentou chegar numa cabeçada de Bruno Rodrigo, aos 36, mas Dida defendeu. Feliz com a vitória, o torcedor gremista gritou "olé" a cada toque de bola do Tricolor, cenário bem diferente das vaias após a derrota para o Coritiba, na semana passada.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 3 x 1 CRUZEIRO
 
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 14 de agosto de 2013, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Paulo César de Oliveira (SP)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (SC) e Vicente Romano Neto (SP)
Público: 17.330 (16.529 pagantes)
Renda: R$ 508.415,00
Cartões amarelos: Bressan e Rhodolfo (Grêmio); Luan, Souza e Bruno Rodrigo (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Souza (Cruzeiro)
 
Gols:
GRÊMIO: Werley, aos 12, Barcos, aos 16, e Kleber, aos 27 minutos do segundo tempo
CRUZEIRO: Nílton, aos 21 minutos do segundo tempo
 
GRÊMIO: Dida; Werley, Rhodolfo e Bressan (Guilherme Biteco); Pará, Souza, Ramiro, Maxi Rodríguez (Matheus Biteco) e Alex Telles; Kleber (Paulinho) e Barcos
Técnico: Renato Gaúcho
 
CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio; Nilton (Lucas Silva), Souza, Everton Ribeiro (Willian) e Ricardo Goulart; Luan e Vinícius Araújo (Leandro Guerreiro)
Técnico: Marcelo Oliveira

Leia tudo sobre: grêmiocruzeirobrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas