Ponte e Criciúma se enfrentam tentando encerrar série sem vitórias

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Com 12 e 11 pontos respectivamente, equipes fazem duelo direto para se afastar da zona de rebaixamento na tabela do Brasileirão

Ponte Preta e Criciúma terão uma chance de se reabilitar no Campeonato Brasileiro. No domingo, às 18h30 (de Brasília), as equipes se enfrentam tentando acabar com sequências negativas e se recuperar na competição.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

A Macaca pode se afastar da zona de rebaixamento com uma vitória, mas também pode se complicar caso não atue bem. A equipe, que vem de dois empates e uma derrota, soma 12 pontos na 15ª posição do Campeonato Brasileiro, com apenas um a mais do que o próprio Tigre, melhor time entre os quatro últimos.

Site oficial
Paulo César Carpegiani, técnico da Ponte Preta

Para Carpegiani, a Ponte precisa valorizar o fato de atuar no Moisés Lucarelli. "Temos que fazer prevalecer o mando de casa. É esse espírito que temos que colocar na cabeça quando entramos em campo", declarou o treinador.

O comandante alvinegro terá problemas no meio-campo. Os volantes Baraka, suspenso, e Fernando Bob, dúvida por conta de dores no pé direito, não devem atuar. O meia peruano Cachito Ramírez, com a seleção peruana juntamente com o lateral direito reserva no último jogo Luís Advíncula, também não joga.

Magal, Fernando e Giovanni são os favoritos para assumir a vaga dos titulares, com Paulo Roberto e Adrianinho surgindo como opções. A boa notícia é o retorno do zagueiro Ferron, que cumpriu suspensão no empate por 1 a 1 com o Vasco.

O Criciúma vem em pior situação. Já são quatro jogos sem vitória - o último triunfo, por 2 a 1 sobre o Grêmio no Heriberto Hulse, foi no dia 20 de julho. Além disso, os catarinenses precisarão de um feito inédito para se recuperar no Brasileiro na próxima rodada: o time ainda não venceu fora de casa.

O Tigre só conquistou um ponto como visitante, somando um empate, contra a Portuguesa, e quatro derrotas. O baixo rendimento fora de casa é um dos principais fatores para a posição da equipe, que soma 11 pontos na 17ª colocação.

Para Vadão, o elenco deve manter a moral elevada para tentar sair da má situação no nacional. "Não podemos perder a confiança. Se perdermos, não tem esquema tático e nem nada que segure. Acho que estamos próximas da vitória pelo que estamos jogando, mas o resultado ainda está faltando e os protestos da torcida são por conta disso", comentou o treinador.

Para buscar a recuperação, o comandante tricolor pode contar justamente com um dos responsáveis por garantir o último triunfo do Criciúma. Desfalque na derrota por 2 a 1 para o Cruzeiro, Wellington Paulista, que abriu o placar na vitória sobre o Grêmio, está em recuperação de uma lesão no tornozelo e deve reforçar o time.

O retorno do centroavante aliviaria a situação do ataque do Tigre, que já terá os desfalques de Fabinho, suspenso por conta de cartão vermelho recebido contra o Flamengo em junho, e Marcel, que está com um entorse no tornozelo direito. Lesionado, o zagueiro Fábio Ferreira também não vai atuar.

FICHA TÉCNICA - PONTE PRETA X CRICIÚMA

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 11 de agosto de 2013, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Rafael da Silva Alves (RS)

PONTE PRETA: Roberto; Régis, Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Magal, Fernando (Paulo Roberto) e Giovanni (Adrianinho); Chiquinho, Rildo e William
Técnico: Paulo César Carpegiani

CRICIÚMA: Helton Leite; Sueliton, Matheus Ferraz, Ewerton Páscoa e Marlon; Amaral, Gilson e Ivo; Lins, Wellington Paulista e Cassiano
Técnico: Vadão

Leia tudo sobre: ponte pretacriciúmabrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas