Apesar de ter empatado seis vezes no Brasileiro, Tite não concorda com as críticas feitas à sua equipe

Tite não concorda com a tese de que o Corinthians esteja empatando demais no Brasileiro
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Tite não concorda com a tese de que o Corinthians esteja empatando demais no Brasileiro

Só a Portuguesa tem tantos empates quanto o Corinthians no Campeonato Brasileiro  - a equipe rubro-verde, não à toa, é a vice-lanterna. Mas Tite, perseguido de tempos em tempos pela expressão "empatite", não acha justo que haja agora uma cobrança em relação às seis igualdades do time corintiano no Brasileirão.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Depois da parada (no calendário para a disputa da Copa das Confederações), o doutor deu um remédio legal para a empatite. Ganhamos cinco e empatamos três. Houve um momento em que houve um excesso de empates, mas não vamos pinçar só o que a gente quer. Sejamos justos e pontuais. Nos últimos três jogos, dois deles fora de casa, conquistamos sete pontos", afirmou.

Veja também: Corinthians tenta retomar crescimento em confronto com o Vitória

Duas das vitórias mencionadas inicialmente pelo treinador foram na Recopa Sul-americana, na decisão contra o São Paulo --- ele não citou a derrota em casa para os reservas do Atlético-MG. Mas justamente a conquista sobre o rival tricolor é apontada pelo gaúcho como um dos motivos para os passos curtos dados no Brasileiro até duas semanas atrás."Só procuro coerência. Quando a gente estava empatando um monte, tudo bem. Agora, não vejo correção nesse tipo de crítica. O que temos de fazer é recuperar o que perdeu quando priorizou Recopa. Foi isso o que aconteceu. Demos prioridade à Recopa, o clube queria ganhar a Recopa", disse Tite.

Confira a classificação do Brasileirão

Com 50% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro, o Corinthians vem de um 1 a 1 com o Santos e espera evitar uma recaída no velho problema da "empatite". Qualquer resultado que não resulte em três pontos será considerado ruim contra o Vitória, neste domingo, no Pacaembu.

* Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.