Wesley nega despedida e volta para casa ainda como palmeirense

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Meia negocia transferência para o Atlético-MG, mas foi decisivo na vitória deste sábado sobre o Paraná pela Série B

Autor do gol da vitória de virada sobre o Paraná - o primeiro foi do lateral esquerdo Juninho -, Wesley negou que tenha feito neste sábado sua despedida do Palmeiras. Alvo do Atlético-MG, o volante reafirmou o desejo de permanecer no líder da Série B do Campeonato Brasileiro.

Palmeiras supera gol contra, e Wesley garante virada sobre Paraná

"O que tenho para deixar claro é que estou feliz aqui, espero dar continuidade. Fico feliz pelo interesse, nunca se sabe o dia de amanhã. Mas o que importa é que estou feliz e espero ficar", disse, a caminho do vestiário do Pacaembu.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia da Série B do Campeonato Brasileiro

"Estou procurando trabalhar no dia a dia, as coisas voltaram a acontecer, eu voltei a jogar um futebol de alto nível. O futuro a Deus pertence, mas estou voltando para casa como jogador do Palmeiras", acrescentou.

Gazeta Press
Enquanto aguarda negociação com o Atlético-MG, Wesley ajuda o Palmeiras a se manter na liderança da Série B

Sua saída é considerada atrativa financeiramente pela diretoria. Wesley tem contrato até fevereiro de 2015 - no segundo semestre do ano que vem, pode assinar pré-contrato com qualquer equipe - e ganha um dos maiores salários do elenco. Além disso, o Palmeiras ainda tem uma parcela de cerca de R$ 5 milhões a quitar com o Werder Bremen e uma dívida de mais de R$ 500 mil com o próprio jogador.

A comissão técnica de Gilson Kleina já deixou claro ao presidente do clube, Paulo Nobre, que não faz questão de segurá-lo. O treinador entende que tem cinco opções no grupo para o seu lugar: os meio-campistas Eguren, Marcelo Oliveira e Mendieta e os meia-atacantes Vinícius e Ananias.

Questionado se havia alguma data para definir por sua permanência ou saída, Wesley deixou o assunto para os dirigentes. "Aí depende dos hómi (sic)", despediu-se, ainda não definitivamente, segundo ele.

Leia tudo sobre: wesleypalmeirasserie b

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas