Time paraense reage após duas derrotas seguidas e agora seca rivais para tentar se manter acima do grupo dos quatro últimos da Segundona

Amargando duas derrotas consecutivas na Série B do Campeonato Brasileiro, o Paysandu recebeu o irregular Joinville na Curuzu na noite desta sexta-feira e conseguiu um importante resultado para se afastar da degola. Pela 14ª rodada, o time treinado por Arturzinho, ex-comandante do Coelho, venceu por 2 a 1 em Belém para aliviar o torcedor paraense.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia da Série B do Campeonato Brasileiro

O Bicolor dominou os primeiros minutos da partida e abriu o placar com o atacante Heliton. Mais tarde, o time da casa aproveitou novo vacilo defensivo para ampliar a vantagem com o zagueiro Diego Bispo, mas viu o JEC descontar no segundo tempo com o lateral direito Eduardo. Com o resultado, os paraenses vão a 15 pontos, podendo terminar o final de semana fora da zona de rebaixamento. Já os catarinenses seguem com 21, cada vez mais longe do G-4.

Na próxima rodada, a 15ª da competição nacional, o Paysandu viaja para o interior de São Paulo e encara o Oeste em Itápolis às 19h30 (de Brasília) no Estádio dos Amaros. No mesmo dia, mas às 21h50, o Joinville terá pela frente mais um compromisso indigesto: encarar o Palmeiras em casa, na Arena Joinville.

O jogo

Disposto a encerrar a série negativa na Série B, o Paysandu partiu para cima dos catarinenses e com quatro minutos já havia assustado o goleiro Ivan em chute forte do meia Diego Barboza. Aos dez, no entanto, o arqueiro tricolor nada pôde fazer quando o atacante Heliton aproveitou indecisão da zaga e bateu de esquerda para estufar as redes.

O gol acordou o JEC, que passou a trocar passes de maneira mais aguda e incomodar a defesa bicolor. A primeira grande oportunidade saiu dos pés do atacante Edgar Junio, que fez boa jogada individual, mas pecou no momento da finalização. Logo em seguida, o artilheiro Lima teve a bola do empate, mas o goleiro Marcelo fez ótima defesa para salvar o Papão.

Como castigo pela falta de pontaria, o time da Curuzu ampliou a vantagem em Belém aos 26 minutos, para desespero do time de Santa Catarina. Novamente em lance de bola parada, a zaga visitante apenas assistiu à confusão na grande área e o zagueiro Diego Bispo apareceu sozinho para completar para o gol.

Antes do intervalo, o Joinville poderia ter descontado no placar com o volante Carlos Alberto, que arriscou de muito longe e deu trabalho para Marcelo segurar. O jogo caiu de produção e o Coelho só voltou a pressionar na reta final da etapa complementar. Já aos 30 minutos, o lateral direito Eduardo pegou rebote de Marcelo e descontou o marcador, mas não evitou o revés.

FICHA TÉCNICA - PAYSANDU 2 X 1 JOINVILLE

Local: Estádio do Mangueirão, em Belém (PA)
Data: 9 de agosto de 2013, sexta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (MG)
Assistentes: Enoque Costa Pacheco e Salmon Lopes da Silva (AP)
Cartões amarelos: Djalma (Paysandu); Diego Jussani e Marcelo Costa (Joinville)

Gols:
PAYSANDU: Heliton, aos dez, e Diego Bispo, aos 26 minutos do primeiro tempo
JOINVILLE: Eduardo, aos 30 minutos do segundo tempo

PAYSANDU: Marcelo; Djalma, Diego Bispo, Fabio Sanches e Pablo; Vanderson (Ricardo Capanema), Esdras, Diego Barboza e Eduardo Ramos (Iarley); Heliton (Raul) e Marcelo Nicácio
Técnico: Arturzinho

JOINVILLE: Ivan; Eduardo, Sandro, Diego Jussani e Rafinha; Marcus Vinícius (Ronaldo), Carlos Alberto, Wellington Bruno (Ricardinho) e Marcelo Costa; Edigar Junio (Francis) e Lima
Técnico: Ricardo Drubscky

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.