Zé Teodoro se contradiz ao culpar jogos adiados por revés do Náutico

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Técnico também lamentou a "noite ruim" que os seus comandados tiveram na capital goiana, onde tiveram a sétima derrota no torneio

Mesmo com dois jogos a menos, o Náutico é o último colocado do Campeonato Brasileiro. A derrota para o Goiás, por 2 a 1, nesta quarta-feira, fez o técnico Zé Teodoro tentar explicar a má atuação do time, que vinha de uma excelente vitória de 3 a 0 sobre o Internacional.

De acordo com o treinador, as partidas adiadas do Timbu na competição nacional - contra São Paulo e Santos, que disputaram amistosos internacionais - são as culpadas pelo revés no Serra Dourada, em Goiânia. A justificativa é totalmente contraditória com o que ele havia dito anteriormente.

"Acho que essa paralisação tirou a sequência e o ritmo de jogo. Tivemos pouca posse de bola e o volume de jogo nosso foi muito inferior ao do jogo passado. Nosso comportamento também não foi igual em relação ao jogo diante do Internacional", analisou Zé Teodoro ao site oficial do clube.

No entanto, antes, o comandante alvirrubro havia comemorado o intervalo. "Vamos nos arrumar. O tempo será bom para os jogadores que chegaram se ambientarem". Durante a Copa das Confederações, o clube contratou alguns reforços para este segundo semestre.

Zé Teodoro também lamentou a "noite ruim" que os seus comandados tiveram na capital goiana, onde tiveram a sétima derrota no torneio. Para o técnico, o Náutico poderia ter conquistado pelo menos um ponto fora de casa, já que o único jogador adversário que brilhou foi o atacante Walter, autor dos dois gols.

Mas os alvirrubros não terão mais tempo para lamentações. Isto porque o próximo oponente na Série A será o Atlético-MG, atual campeão da Libertadores. O duelo está marcado para este sábado, às 18h30 (de Brasília), na Arena Pernambuco.

Leia tudo sobre: NáuticoZé Teodorobrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas