Vasco tenta reencontrar vitória em duelo com a Ponte Preta

Por iG São Paulo * |

compartilhe

Tamanho do texto

Com 14 pontos, time carioca precisa do triunfo para se recuperar de derrota para o Botafogo e se afastar mais da zona de rebaixamento do Brasileirão

Gazeta Press
Vasco vem de derrota para o Botafogo

Depois de perder o clássico para o Botafogo, o Vasco tenta reencontrar o caminho das vitórias nesta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília). O time recebe a Ponte Preta em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), no complemento da 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 14 pontos, precisa do triunfo para se afastar mais da zona de rebaixamento, com quem a equipe de Campinas, que tem 11 pontos, vem flertando.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Antes da derrota para o Botafogo, o Vasco tinha empatado por 1 a 1 com o Goiás, em Goiânia, e por isso existe a pressão para se voltar a ganhar no Campeonato Brasileiro. O time vinha superando as desconfianças da torcida, mas sabe que um tropeço em casa, nesta quinta-feira, poderá fazer o clima voltar a ficar bem ruim em São Januário.

"Nós tivemos um empate contra o Goiás em um jogo que estávamos ganhando até o fim. Depois perdemos para o Botafogo em um jogo que estava nos nossos planos pontuar. Assim, deixamos escapar pontos importantes dentro do nosso planejamento no Campeonato Brasileiro e eles poderão fazer muita falta lá na frente. Portanto, não podemos deixar de somar os três pontos contra a Ponte Preta", reconheceu o lateral direito Nei.

O técnico Dorival Júnior, por sua vez, prefere priorizar os aspectos táticos da partida e alertou seus comandados sobre a necessidade deles tomarem cuidado com o contra-ataque da Ponte Preta.

"A Ponte Preta tem um time perigoso, que gosta de jogar no erro do adversário quando atua longe de casa. Aqui eles vão querer conseguir a vitória na base dos contra-ataques e se neutralizarmos isso vamos dar um passo muito importante para a vitória. O ideal é pressionarmos desde cedo, mas sempre atentos para não sermos surpreendidos", disse Dorival.

O Vasco tem muitos desfalques para esta partida. O zagueiro Renato Silva e o volante Wendel, advertidos com o terceiro cartão amarelo na derrota para o Botafogo, ficam de fora. O primeiro será substituído por Jomar, que vai compor o setor com Rafael Vaz. Já o segundo era a principal opção após Dorival perder a sua dupla de volantes titular. Sandro Silva, com uma lesão no joelho direito, foi vetado, enquanto que o argentino Guiñazú teve ruptura do músculo superior da coxa direita, terá que se submeter a uma cirurgia e ficará cerca de três meses afastado dos gramados.

Site oficial
Paulo César Carpegiani, técnico da Ponte Preta

Assim, a dupla de volantes será formada por Fabrício Baiano, revelado nas categorias de base do clube, e Fillipe Soutto. A boa notícia é que Juninho Pernambucano, que chegou a ser dúvida por conta do desgaste muscular sofrido diante do Botafogo, tem escalação assegurada.

Pelo lado da Ponte Preta, o técnico Paulo César Carpegiani pede superação a seus comandados. "Enfrentar o Vasco dentro de São Januário está longe de ser uma das tarefas mais agradáveis, mas sabemos que é importante conquistarmos um bom resultado. Respeitamos o time deles, mas não vamos deixar de acreditar que é possível conseguir a vitória", disse Carpegiani.

Já os jogadores querem recuperar no Rio de Janeiro os pontos perdidos contra o Fluminense. "O Campeonato Brasileiro costuma punir quem não ganha em casa e, portanto, vamos ter que recuperar os pontos perdidos contra o Fluminense. O jogo contra o Vasco é a primeira oportunidade para isso e vamos tentar aproveitar", disse o zagueiro Diego Sacoman.

Em termos de escalação a Ponte Preta não contará com o zagueiro Ferrón, suspenso por acúmulo de cartões amarelos. César será o seu substituto. Em compensação o meia Ramirez e o atacante Rildo retornam de suspensão e ocuparão as vagas de Giovanni e Everton Santos, respectivamente. A grande novidade, porém, será a estreia do volante Fernando Bob, que não estava sendo aproveitado pelo Fluminense e foi contratado. Ele entrará na vaga de Fernando.

FICHA TÉCNICA - VASCO X PONTE PRETA
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ) 
Data: 8 de agosto de 2013, quinta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília) 
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (SP) 
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Marcia Bezerra Lopes Caetano (RO)

VASCO: Diogo Silva, Nei, Jomar, Rafael Vaz e Yotún; Fabrício Baiano, Fillipe Soutto, Juninho Pernambucano e Pedro Ken; Eder Luis e André.
Técnico: Dorival Júnior

PONTE PRETA: Roberto, Regis, Diego Sacoman, César e Uendel; Baraka, Fernando Bob, Ramirez e Chiquinho; Rildo e William.
Técnico: Paulo César Carpegiani

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: vascoponte pretabrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas