Renato Abreu consegue liminar e já pode negociar com outro clube

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Demitido do Flamengo, meia ainda não fez sete jogos no Campeonato Brasileiro, o que possibilita sua transferência para outro time da primeira divisão

Fabio Castro/Agif/Gazeta Press
Renato Abreu, ex-jogador do Flamengo

Depois de deixar o Flamengo pelas portas dos fundos, ainda sem entender o que aconteceu nos bastidores, o meia Renato Abreu conseguiu uma liminar na Justiça nesta quinta-feira e está livre para negociar com outro clube. Demitido via site oficial no dia 17 de junho, o jogador ainda não fez sete jogos no Campeonato Brasileiro, o que possibilita sua transferência para um clube da Série A.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A decisão foi concedida pela juíza Gláucia Zuccari Fernandes Braga, da 21ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, que acatou o pedido do jogador. Apesar de ter a possibilidade de pensar em sua volta, Renato Abreu ainda tenta entrar em acordo com o Flamengo para receber o que tem direito por causa de sua saída.

Depois de demitir, o clube carioca tentou mudar sua decisão e ordenou a volta de Renato Abreu aos treinamentos na Gávea no início de julho, mas o meia não aceitou. Após a saída, o Flamengo tentou negociar o valor a ser pago, oferendo R$ 500 mil, um terço do que o atleta tem direito. Ao se sentir humilhado pela equipe carioca, o jogador não aceitou a proposta.

A briga na Justiça do Rio de Janeiro deve continuar nos próximas semanas e a próxima audiência para definir o pagamento do Flamengo a Renato Abreu está marcada para acontecer em novembro. O jogador, ressentido pelo o que aconteceu na Gávea, também entrou com uma ação por danos morais, causando um desentendimento ainda maior com seu antigo time.

Leia tudo sobre: FlamengoBrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas