Cruzeiro supera Criciúma e assume liderança com ajuda do arquirrival

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Equipe mineira chega a 24 pontos no Brasileirão e leva vantagem nos critérios de desempate sobre o Botafogo, que empatou com o Atlético-MG

DEZA BERGMAN/Gazeta Press
Cruzeiro comemora o gol de Vinícius Araújo em Criciúma

Cruzeiro e Criciúma fizeram um jogo nervoso e de muita intensidade nesta quarta-feira, no Estádio Heriberto Hulse. Mesmo sem mostrar um grande futebol, a equipe mineira foi mais eficiente nas oportunidades que apareceram na partida, por isso, foi premiada com um triunfo por 2 a 1. 

Comente esta notícia com outros torcedores

Com o resultado, o Cruzeiro chegou aos 24 pontos e assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro, levando a melhor nos critérios de desempate diante do Botafogo, que empatou em 2 a 2 com o Atlético-MG no Independência.

O primeiro gol do jogo foi anotado pelo oportunista Vinicius Araújo, que mostrou o faro de artilheiro ao aproveitar uma falha bisonha do lateral Suéliton. No segundo tempo, o Criciúma reagiu e empatou o jogo com cabeçada de Bruno Lopes, mas Ricardo Goulart, de letra, garantiu a vitória. 

Na sequência do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro terá compromisso contra o Santos, jogo marcado para o próximo domingo, no Mineirão. Já o Criciúma, depois de duas partidas seguidas em casa vai visitar a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli.

O jogo

A partida entre Criciúma e Cruzeiro começou a todo o vapor, com os donos da casa levando perigo antes do primeiro minuto, e os visitantes respondendo quase que imediatamente. Os dois ataques relâmpagos anunciaram aos torcedores presentes no Heriberto Hulse, que o duelo seria bastante movimentado.

Jogando com três atacantes, Fabinho, Lins e Cassiano, o Criciúma se mostrou mais agressivo que a Raposa, principalmente nos 15 minutos iniciais. Porém, encontrou os mineiros bem postados em campo, o que impediu os catarinenses de encontrar espaços para concluir as jogadas.

Em um dos poucos momentos de bobeira dos visitantes, Lins conseguiu um bom arremate com a perna canhota, que obrigou Fábio a se esticar todo para fazer excelente defesa para impedir a abertura do marcador. Quando o técnico Marcelo Oliveira pediu aos seus comandados para adiantar a marcação, o time cruzeirense passou a errar muitos passes, mostrando certa instabilidade emocional.

Veja como está a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro

No momento em que o Criciúma começou a ter as rédeas do jogo, a zaga catarinense vacilou bisonhamente com Suéliton, que aos 23, deixou o atacante Vinicius Araújo livre para fuzilar o goleiro Helton Leite, colocando o Cruzeiro em vantagem no placar, silenciando o Heriberto Hulse. O gol deu tranquilidade para os celestes, que acalmaram os ânimos.

O jogo, que apresentou vantagem do Criciúma no inicio, terminou o primeiro tempo com equilíbrio, mostrando recuperação do Cruzeiro. Prova disso é que os celestes tiveram ao menos mais duas boas chances de dilatar o marcador, uma com o atacante Luan e outra com o zagueiro Dedé desviando cobrança de escanteio.

Vencendo o jogo, o time mineiro retornou para a etapa complementar imprimindo um ritmo mais cadenciado a partida, impedido a pressão dos donos da casa e criando boas chances de chegar ao segundo gol. Willian entrou no lugar de Luan, e logo aos cinco minutos teve oportunidade de balançar as redes, mas errou o alvo, mandando sobre o travessão de Helton Leite.

Sem conseguir agredir os visitantes, a torcida do Criciúma tentou apoiar a equipe na base do grito. A estratégia surtiu efeito, já que o time melhorou na partida e conseguiu o empate. Aos 24, Lins tentou um gol de meia bicicleta e carimbou o travessão de Fábio, no rebote, Bruno Lopes, de cabeça, deixou tudo igual no Heriberto Hulse.

No melhor estilo argentino, o torcedor do Criciúma continuou apoiando o time. Precisando vencer para assumir a liderança do Brasileiro, o Cruzeiro não se limitou a ficar na retranca, deixando o fim do jogo eletrizante. Aos 38, Martinuccio cruzou da direita, a zaga catarinense deixou Ricardo Goulart livre, para com um belo toque de letra recolocar os celestes na frente e garantir os três pontos.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA 1 X 2 CRUZEIRO

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Data: 07 de agosto de 2013, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Arbitro: Marcos André Gomes da Penha (ES)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Rener Santos de Carvalho (AC)
Cartões amarelos: Marlon, Suéliton e Matheus Ferraz (Criciúma); Luan e Éverton Ribeiro (Cruzeiro)

Gols:
CRICIÚMA: Bruno Lopes, aos 24 minutos do segundo tempo
CRUZEIRO: Vinicius Araújo, aos 23 minutos do primeiro tempo; Ricardo Goulart, aos 38 minutos do segundo tempo

CRICIÚMA: Helton Leite; Suéliton, Fábio Ferreira (Leonardo), Matheus Ferraz e Marlon (Leandro Brasília); Ewerton Páscoa, Gilson, Ivo e Fabinho; Lins e Cassiano (Bruno Lopes)
Técnico: Vadão

CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Bruno Rodrigo, Dedé e Egídio; Leandro Guerreiro, Souza, Ricardo Goulart e Everton Ribeiro (Martinuccio); Luan (Willian) e Vinicius Araújo (Borges)
Técnico: Marcelo Oliveira


* Com Gazeta

Leia tudo sobre: criciumacruzeirobrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas