Vice-presidente do Santos sofre queda e terá de se afastar do cargo

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Odílio Rodrigues sofreu uma queda nesta terça, teve um entorse no tornozelo e uma lesão no tendão do joelho esquerdo

Flickr/Santos F.C.
Odílio Rodrigues, vice-presidente do Santos

O vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues, terá de se afastar do cargo. O dirigente, que tem ocupado a presidência nos momentos em que Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro precisa se licenciar, por questões médicas, sofreu uma queda na noite da última terça-feira, que ocasionou uma entorse no tornozelo direito. Além disso, Odílio também apresentou uma lesão no tendão muscular do joelho esquerdo.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Em nota oficial no site do clube, o Peixe informou que o vice-presidente será submetido a exames de imagem para detectar a necessidade ou não de tratamento cirúrgico. Pela necessidade de repouso absoluto, Odílio Rodrigues terá que se licenciar do cargo por tempo determinado, ainda a ser confirmado pela cúpula alvinegra.

Veja e tabela e confira a classificação do Brasileiro

O afastamento de Odílio acontece em um dos momentos de maior pressão sobre a direção do Santos. Isto porque, além de protestos contra o desempenho do time na goleada sofrida para o Barcelona (Espanha), por 8 a 0, na última sexta, no Camp Nou, um grupo de conselheiros se articula para pedir a saída dos dirigentes da agremiação e já conseguiu 74 assinaturas para que haja a votação pela destituição do Comitê Gestor do Peixe.

Vale lembrar que os santistas voltam a campo diante do Corinthians, nesta quarta, a partir das 21h50 (horário de Brasília), na Vila Belmiro. O clássico paulista é válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Leia tudo sobre: santosodilio rodriguesigspbrasileirao

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas