Marcelo Veiga reclama da falta de atenção em gol “inadmissível” do Palmeiras

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Com a derrota desta terça, o São Caetano segue na zona de rebaixamento da Série B, com 13 pontos

Fernando Dantas/Gazeta Press
Jogadores do Palmeiras comemoram com Alan Kardec

O técnico do São Caetano, Marcelo Veiga, não se conformou com a virada sofrida pelo time para o Palmeiras, nesta terça-feira, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Depois da derrota por 2 a 1 em casa, o treinador reclamou da desatenção de sua equipe, principalmente no gol de empate, marcado por Alan Kardec.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"O que faltou foi atenção. É inadmissível sofrer aquele primeiro gol, porque o adversário ganhou a primeira bola e foi parar lá dentro. Estamos tentando corrigir, mas cometemos os mesmos erros em cada jogo", afirmou.

Na luta contra o rebaixamento, o Azulão saiu na frente no primeiro tempo, com gol de Geovane. Ainda antes do intervalo, o time da casa teve chances de ampliar no Anacleto Campanella, mas desperdiçou os contragolpes.

Assim, o Palmeiras voltou melhor ao segundo tempo. Logo aos dez minutos da etapa final, Alan Kardec passou por quatro marcadores e teve tempo para finalizar no canto, sem que os adversários conseguissem desarmá-lo.

Apenas quatro minutos depois, a defesa do São Caetano voltou a falhar, desta vez em cobrança de escanteio, que foi completada por Henrique para as redes. Com a derrota desta terça, o Azulão segue na zona de rebaixamento da Série B, com 13 pontos.

Leia tudo sobre: são caetanosérie b

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas