Claudinei relata tristeza com vexame: “Parece que morreu um parente"

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Técnico do Santos revelou abalo do elenco após a goleada histórica sofrida diante do Barcelona

A goleada sofrida pelo Santos diante do Barcelona por 8 a 0, na última sexta-feira, no Camp Nou, foi o tema principal da reapresentação da equipe praiana, nesta segunda, no CT Rei Pelé. O técnico interino do time, Claudinei Oliveira, falou sobre o revés na Catalunha e destacou o sentimento de tristeza dos jogadores do elenco, com a sonora derrota para o Barça, em partida válida pelo Troféu Joan Gamper.

Agora em lados opostos, Arouca tenta conter o avanço de Neymar. Foto: Albert Gea/ReutersNeymar passa pela marcação do santista Cicinho no Camp Nou. Foto: David Ramos/Getty ImagesNeymar e Messi comemoram o quinto gol do Barcelona, marcado por Fabregas. Foto: David Ramos/Getty ImagesQuatro jogadores do Santos cercam Lionel Messi no Camp Nou. Foto: David Ramos/Getty ImagesFabregas chuta e marca para o Barcelona. Foto: David Ramos/Getty ImagesObservado por Neymar, torcedor do Corinthians invadiu o gramado do Camp Nou e foi segurado com dificuldade. Foto: APO técnico Gerardo Martino dá instruções a Neymar no amistoso contra o Santos. Foto: Albert Gea/ReutersGoleiro Aranha lamenta gol de Alexis Sanchez na goleada do Barcelona em cima do Santos. Foto: APDaniel Alves é abraçado por Lionel Messi depois do gol contra de Leo na vitória do Barcelona sobre o Santos. Foto: ReutersDaniel Alves cruzou e Leo fez contra na vitória do Barcelona sobre o Santos. Foto: ReutersLionel Messi comemora primeiro gol do Barcelona na goleada sobre o Santos. Foto: ReutersLionel Messi comemora primeiro gol do Barcelona na goleada sobre o Santos. Foto: ReutersJogadores do Barcelona comemoram gol de Messi, o primeiro na vitória sobre o Santos no Camp Nou. Foto: APMessi disputa bola com Arouca no amistoso entre Barcelona e Santos no Camp Nou. Foto: APNeymar acena para torcedores do Barcelona ao ser apresentado no Camp Nou antes de jogo contra o Santos. Foto: ReutersMessi e Neymar posam em apresentação do elenco do Barcelona para torcida antes de jogo contra o Santos. Foto: APPartida contra o Santos também marca estreia do técnico Tata Martino pelo Barcelona no Camp Nou. Foto: AP

"Estou há muito tempo no futebol e posso dar esse testemunho, porque vi muitas equipes perderem e ignorarem a situação, com os jogadores dando risada. Mas não foi isso que aconteceu lá (na Espanha). Eu vi a tristeza em cada um e, também, sabemos que o torcedor ficou magoado. Profissionalmente é muito ruim sofrer uma derrota dessas. Podemos falar para o torcedor que, a partir desse momento, parece que morreu um parente nosso. É aquela tristeza, mas a vida continua", afirmou Claudinei.

O treinador santista fez questão de valorizar que, a partir de agora, o intuito dos alvinegros agora será o Campeonato Brasileiro. O Santos volta a jogar pela competição, diante do Corinthians, na próxima quarta, a partir das 21h50 (horário de Brasília), na Vila Belmiro. O clássico é válido pela 12ª rodada do Brasileirão.

"Temos que seguir em frente, ter o discernimento de separar uma situação da outra. Tivemos uma noite infeliz lá, abaixo do que esperávamos, contra uma das melhores do mundo, mas é algo que não se justifica no futebol profissional. Sabemos separar as coisas e vamos voltar para a nossa realidade, que é o Brasileiro. Temos 12 pontos e estamos no 14º lugar, com dois jogos a menos. Pedimos ao torcedores que nos incentive, dê apoio ao time, porque juntos, direção, comissão técnica e torcedores, vamos ajudar os atletas para que o Santos consiga mais vitórias e pense em conquistar grandes coisas no campeonato", finalizou o comandante.

Leia tudo sobre: barcelonasantosclaudinei

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas