Leandro admite preferência por 4-3-3 com Alan Kardec no Palmeiras

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Atacante espera um esquema mais ofensivo contra o São Caetano, já que Charles vai cumprir suspensão

Wagner Carmo/Inovafoto/Gazeta Press
Leandro, atacante do Palmeiras

Gilson Kleina mostrou no coletivo dessa segunda-feira ter dúvida sobre o substituto de Charles, suspenso. Para enfrentar o São Caetano nesta terça-feira, as opções são reforçar a marcação com o volante Eguren ou optar pelo 4-3-3 com o meia-atacante Ananias. E Leandro, atacante do Palmeiras, faz campanha pela alternativa mais ofensiva.

Comente esta notícia com outros torcedores

"O Charles ajuda mais no ataque e o Eguren dá mais liberdade para o Márcio e o Wesley. Mas com três atacantes é melhor porque aumenta o poder ofensivo, tem mais gente para ajudar na frente", disse o autor de dez gols na temporada, animado com a chegada de Alan Kardec.

"Gosto de jogar com centroavante. Ajuda mais a trombar e sobrar a bola pra mim, ou fazer a tabela. Facilita não só pra mim, mas para todos. Ele é uma referência importante, um jogador de qualidade que vai ajudar muito a nossa equipe", projetou Leandro.

Leia mais: Vinicius sofre 'leve' entorse, mas desfalca Palmeiras em São Caetano

O Palmeiras começou a competição no 4-3-3, mas o esquema foi abandonado exatamente pela ausência de um centroavante de qualidade. Kleber mostrou deficiências física e técnica enquanto esteve emprestado pelo Porto, enquanto Caio perdeu chances claras e ainda é considerado imaturo pela comissão técnica. Mas a contratação de Alan Kardec dá a Gilson Kleina a opção de retomar o esquema que gosta.

Primeira opção do treinador para a volta do 4-3-3, Vinicius, artilheiro do Palmeiras na Série B ao lado de Leandro com quatro gols, machucou o tornozelo direito nessa segunda-feira e está vetado. Mas Ananias entrou em seu lugar e aumentou a movimentação na atividade que foi falha enquanto Eguren participou da primeira metade do coletivo.

Mas vontade não faltará, como garante Leandro. "Independentemente da formação que for jogar, vamos buscar o resultado", prometeu o atacante, que citou a proximidade da Chapecoense, vice-líder da competição com dois pontos e um jogo a menos, como um alerta para o Verdão.

"Temos que encarar cada jogo como uma final, sendo um mais difícil do que o outro. Se entrarmos relaxados, vamos deixar cair tudo por água abaixo. Não podemos deixar nada subir à cabeça. Precisamos estar atentos e pensar em um jogo por vez", indicou o atacante.

O time que enfrentará o São Caetano às 19h30 (de Brasília) desta terça-feira e precisará entrar no Estádio Anacleto Campanella como pediu Leandro será, provavelmente, o seguinte: Fernando Prass; Luis Felipe, Vilson, Henrique e Juninho; Eguren (Ananias), Márcio Araújo, Wesley e Mendieta; Leandro e Alan Kardec. Valdivia não foi nem relacionado, mantendo a ideia de poupá-lo para evitar novas lesões.

Leia tudo sobre: leandropalmeirasserie b

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas