Capitão do Goiás, Amaral admite falta de capricho nas finalizações

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O jogador ainda falou sobre a responsabilidade da equipe e a importância do apoio da torcida na partida da próxima rodada

Após a derrota deste domingo por 2 a 0 para o Atlético-PR, o time do Goiás chegou a três jogos sem vitória. A equipe esmeraldina começou bem a partida e teve oportunidades de abrir o marcador, mas não conseguiu segurar a pressão do time anfitrião, pecando nas conclusões.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Campeonato Brasileiro

Heuler Andrey/Agif/Gazeta Press
Atlético-PR derrotou o Goiás jogando em Curitiba

Abatidos com o resultado, os jogadores do Goiás reconheceram que o esforço não foi suficiente para sair de Curitiba com o empate e até mesmo a vitória. Diante da situação, os atletas decidiram levantar a cabeça e focar no próximo jogo, contra o Náutico, no estádio Serra Dourada.

"Está faltando mais capricho e tranquilidade de todos, não só daqueles que estão na frente. O mais difícil nós estamos fazendo, que é criar. Por isso precisamos melhorar na finalização para jogar melhor contra o Náutico, em casa", analisou Amaral.

O capitão do Goiás ainda falou sobre a responsabilidade da equipe e a importância do apoio da torcida na partida da próxima rodada. "Com certeza jogando dentro de casa a gente sabe que não tem moleza. Nós vamos procurar, com o apoio da torcida, sair com a vitória e conquistar os três pontos".

Após 10 rodadas disputadas, o Goiás ficou na 13ª colocação com 13 pontos. O confronto com o Náutico, no estádio Serra Dourada, acontece na quarta-feira, às 21h50 (de Brasília).

Leia tudo sobre: AmaralGoiásBrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas