Árbitro expulsa Hulk por engano, mas Zenit vence pelo Campeonato Russo

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O segundo cartão amarelo que resultou na expulsão de Hulk foi aplicado em um lance de falta que o Zenit teria que cobrar

Em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Russo, o Zenit venceu o Volga por 3 a 1 neste sábado. A vitória do time de São Petersburgo ficou em segundo plano após uma falha grave do árbitro que comandou a partida, Eugene Turbin. O atacante brasileiro Hulk foi expulso aos 27 minutos do primeiro tempo por engano.

O segundo cartão amarelo que resultou na expulsão de Hulk foi aplicado em um lance de falta que o Zenit teria que cobrar. O brasileiro e o atacante Shirokov estavam prontos para cobrar enquanto o juiz se virou de costas para organizar a posição da barreira. Shirokov se adiantou e bateu a falta antes do árbitro autorizar.

Eugene Turbin entendeu que o atacante Hulk teria cobrado a falta antes de seu apito e mostrou o segundo cartão amarelo, que resultou na primeira expulsão do brasileiro após quatro anos. O time inteiro e o brasileiro ficaram revoltados com a atitude do juiz tentando explicar que o árbitro teria cometido um engano.

Apesar de ter ficado com um homem a menos em campo, o Zenit conseguiu sair com uma vitória por 3 a 1. Os gols do time de São Petersburgo foram marcados pelo português Danny. Karyaka foi o autor no único gol do Volga na partida.

Leia tudo sobre: zenithulkrússiafutebol mundial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas