Meia do Grêmio era acusado de jogada violenta em Lucas, que sofreu uma fratura no tornozelo

Zé Roberto livrou-se de punição no STJD
LUCAS UEBEL/Preview.com/Gazeta Press
Zé Roberto livrou-se de punição no STJD

Se perdeu Zé Roberto para o Gre-Nal por lesão, o Grêmio recebeu ao menos uma boa notícia relativa ao seu capitão nesta quinta-feira: ele foi absolvido em julgamento ocorrido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva na tarde desta quinta-feira, no Rio de Janeiro. Ele havia sido acusado de praticar jogada violenta contra o lateral Lucas, do Botafogo, em jogo entre os dois clubes disputado no último dia 14, na Arena do Grêmio.

Comente esta notícia com outros torcedores

Zé Roberto aplicou um carrinho em Lucas no segundo tempo da partida. A entrada não foi violenta, tanto que o árbitro Paulo César Oliveira nem sequer puniu o meia com cartão amarelo, mas o lateral botafoguense levou a pior e fraturou o tornozelo no lance, e foi justamente o resultado do incidente que motivou a denúncia, mas a falta de intenção do gremista no lance acabou pesando na decisão dos auditores.

Mas o departamento jurídico do Grêmio segue com muito trabalho. Nesta sexta, Vargas e Matheus Biteco serão julgados por suas expulsões na derrota para o Criciúma. Ambos foram denunciados por agressão. Os advogados gremistas, no entanto, confiam na absolvição, especialmente no caso do atacante chileno.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.