Zagueiro tem contrato até dezembro e já pode assinar para se transferir de graça em janeiro

Chicão tem contrato até dezembro e negocia para continuar no Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Chicão tem contrato até dezembro e negocia para continuar no Corinthians

O Corinthians deseja manter Chicão em seu elenco, mas não vai se apressar para oferecer uma renovação de contrato ao zagueiro. Seu vínculo atual se encerra em dezembro e, por lei, ele está liberado para assinar um pré-contrato com qualquer outro clube. Ele se transferiria em janeiro de 2014 sem nenhum retorno financeiro ao Corinthians. Mário Gobbi não tem pressa em resolver o assunto.

O Corinthians deve se esforçar para manter Chicão no elenco? Comente!

"Fizemos uma proposta, ele está vendo, mas nós temos aí cinco meses pela frente e a hora que for a hora certa o desfecho sairá. Questões de contrato nós tratamos internamente. Não se expõe as pessoas, as partes. É assunto dele com o Corinthians", disse o presidente do clube em visita à AACD nesta quinta-feira

Com 32 anos e concorrentes mais jovens a um lugar na zaga titular do clube, o jogador não tem tido muitas chances. A contratação de Cléber, de 22 anos, diminuiu suas chances de jogar. Paulo André e Gil, titulares no atual elenco, compõem a defesa menos vazada do Brasileirão. Com este cenário, o clube espera. O Fluminense tem interesse em contar com o jogador ainda este ano. 

Leia também: Chicão manda recado em tom de despedida e pode ir para o Fluminense

"É difícil falar sobre especulação. Se chegar algo concreto por ele, que o agrade, a gente vai sentar e conversar. Mas por enquanto não tem nada", disse Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol corintiano, na última terça-feira. O clube espera por eventuais interessados para saber quanto pode oferecer ao zagueiro por uma renovação. 

No clube desde 2008, ele é muito querido pela torcida por ter feito parte de todas as campanhas vitoriosas desde o retorno à Série A. Foi titular em boa parte deste período, inclusive nas campanhas da Libertadores e do Mundial de Clubes de 2012. Gil, contratado em janeiro, tem sido peça fundamental do esquema defensivo corintiano e, por isso, Chicão perdeu espaço. 

O jogador concede poucas entrevistas e tem usado sua conta no Twitter para se expressar sobre sua situação. "Galera, vamos deixar claro que isso não é pressão para nada e sim uma verdade. Eu posso assinar um pré-contrato. Agora, se vou assinar ou não é outra situação", escreveu o jogador em junho.

Na última terça-feira o tom da sua mensagem foi de despedida. "Queria agradecer vocês pelo carinho que sempre recebi de vocês. Obrigado por tudo, Fiel".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.