Atlético-MG promove festa do título da Libertadores nesta quinta-feira

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Após treino da tarde, jogadores deixarão Cidade do Galo em carro do Corpo de Bombeiros, seguindo direto para a praça Sete, onde são esperados mais de 50 mil torcedores

Bruno Cantini/Flickr Clube Atlético Mineiro
Ronaldinho exibe a taça da Libertadores no palácio do governo de Minas Gerais

A torcida do Atlético-MG promete parar Belo Horizonte nesta quinta-feira. Isso porque a festa do título da Libertadores será realizada na Praça Sete, coração da capital mineira. Após o treinamento do período da tarde, os jogadores deixarão a Cidade do Galo em um carro do Corpo de Bombeiros, seguindo direto para o local, onde são esperados mais de 50 mil torcedores.

A diretoria atleticana já confirmou a presença de dois trios elétricos, que prometem agitar a torcida durante a noite e boa parte da madrugada. Haverá distribuição de cerveja gratuita, o que deve contribuir para aumentar ainda mais a presença do público.

O trânsito na capital mineira sofrerá alterações por conta da festa que está sendo preparada. "Vamos pintar a cidade de preto e branco. Queria pedir para todo atleticano sair de casa nesta quinta-feira usando a camisa do clube. Quem for à festa, vá de preto e branco. Quem não puder ir, use também. O torcedor merece essa festa", disse o presidente Alexandre Kalil.

O inédito título da Libertadores foi conquistado na quarta-feira, 24 de julho, com uma vitória por 2 a 0 contra o Olimpia no tempo normal. Como o placar foi o mesmo do jogo de ida em Assunção, a partida foi para a prorrogação, como o resultado persistiu, a decisão do título da América foi para os pênaltis e levou o torcedor do Galo à loucura no Mineirão.

Rever levanta a taça inédita da Copa Libertadores para o Atlético-MG. Foto: Yuri Edmundo/Gazeta PressO volante Josué comemora o segundo título de Copa Libertadores de sua carreira. Foto: Andres Stapff/ReutersGuilherme comemora o título e jogadores do Olimpia lamentam derrota. Foto: Andres Stapff/ReutersRonaldinho e Leonardo Silva comemoram o segundo gol do Atlético. Foto: Andres Stapff/ReutersLeonardo Silva cabeceia, faz o segundo gol do Atlético e leva final para a prorrogação. Foto: Andres Stapff/ReutersCuca vibra bastante com o gol de Leonardo Silva, o segundo do Atlético-MG contra o Olimpia. Foto: Bruno Magalhaes/APVictor se irrita com Salgueiro, que pediu pênalti para o Olimpia. Foto: Bruno Magalhaes/APJô comemora seu gol no Mineirão: 1 a 0 para o Atlético-MG. Foto: Nelson Antoine/APDiego Tardelli lamenta chance perdida na decisão da Libertadores. Foto: Andres Stapff/ReutersO árbitro colombiano Wilmar Roldan chama a atenção de Alejandro Silva. Foto: Pedro Vilela/ReutersAranda sofre falta dura de Josué na final da Libertadores. Foto: Andres Stapff/ReutersPierre reclama de falta cometida por Salgueiro. Foto: Andres Stapff/ReutersRonaldinho alça bola na área, jogada bastante explorada pelo Atlético. Foto: Andres Stapff/ReutersBernard arrisca chute, Mazacotte tenta bloquear. Foto: Bruno Magalhaes/APBenitez arrisca um belo chute para o Olimpia. Foto: Nelson Antoine/APTenso, Cuca observa a partida no Mineirão. Foto: Andres Stapff/ReutersRonaldinho se livra da marcação de Aranda na final da Libertadores. Foto: Andres Stapff/ReutersCandía observa Jô tentar o domínio de bola no Mineirão. Foto: Andres Stapff/ReutersMichel e Leonardo Silva observam Silva arrematar a gol. Foto: Nelson Antoine/APTorcida do Atlético-MG se agita antes da final no Mineirão. Foto: Andres Stapff/ReutersTorcida Olimpia confiante no quarto título da Libertadores. Foto: Andres Stapff/ReutersAtlético-MG posa para foto antes da final da Copa Libertadores 2013. Foto: Nelson Antoine/APOlimpia posa para foto antes da final da Copa Libertadores 2013. Foto: Nelson Antoine/AP


Leia tudo sobre: atlético-mglibertadores

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas