Valdivia sai do banco e participa de três gols, mas ‘teme’ reserva

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Chileno iniciou na reserva contra o Icasa para ser poupado de futuras lesões

Marcello Zambrana/Inovafoto/Gazeta Press
Valdivia teve grande atuação diante do Icasa

Valdivia atuou meia hora nesta terça-feira, o suficiente para transformar a vitória do Palmeiras sobre o Icasa em goleada. O chileno ficou no banco para evitar novas lesões e, quando entrou, participou de três dos quatro gols. Mas relatou "medo" de não ser mais titular por conta da suplência nesta noite.

Comente esta notícia com outros torcedores

"O complicado de ficar no banco é que, se o time vai bem e ganha, você fica fora. Não tem cadeira cativa no time e isso é bom, faz com que o elenco se doe nos treinos e nos jogos também", disse o jogador mais caro do elenco, que pouco treina por conta do cronograma especial da comissão técnica para não se desgastar.

O meia garante que pediu ao auxiliar de Gilson Kleina para fazer sua quinta partida como titular após 114 dias fora devido a lesão muscular. "Eu queria jogar. Até falei para o Juninho que eu estava em condições. Mas depende do Gilson e da necessidade dele. Mas foram eles que decidiram em deixar no banco." Saindo da reserva, o chileno deu belo passe que virou escanteio, e Alan Kardec completou a cobrança nas redes. Depois, Valdivia, que entrou no lugar de Mendieta, puxou jogada pela esquerda até iniciar jogada que culminou no gol de Wesley. Já nos acréscimos, driblou três adversários e rolou para Kardec fazer mais um.

Leia mais: Fernando Prass encerra 'jejum' palmeirense em defesa de pênaltis

Após a última jogada, o camisa foi festejado, pelos colegas em campo e ouviu a torcida gritar seu nome. "Não adiantava nada eu fazer a jogada que fiz se ele não fizesse o gol. Graças a Deus que ele fez. O mérito é dele, não meu", comentou o astro.

O jogador, agora, espera ser titular diante do Bragantino, no Pacaembu. "Agora é pensar na sexta-feira e temos que continuar ganhando. Fazemos o que um time grande tem que fazer: ganhar", declarou Valdivia.

Leia tudo sobre: palmeirasvaldiviaserie b

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas