Barcelona arca com a estadia, mas Santos não receberá por amistoso na Espanha

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O clube espanhol forneceu 40 passagens de avião e 40 estadias no hotel da cidade, mas ficará com a renda do jogo no Camp Nou

O Santos enfrenta o Barcelona em amistoso que será realizado na próxima sexta-feira, a partir das 16h30 (horário de Brasília), no Camp Nou. Mas, apesar do jogo, válido pelo Troféu Joan Gamper, tradicional torneio de pré-temporada promovido pelo Barça, fazer parte da negociação que levou o atacante Neymar para a Espanha, o Peixe não irá receber nenhuma cota dos catalães para esta disputa. O Barcelona irá apenas arcar com a estadia dos santistas.

Santos desembarca na Espanha para enfrentar Neymar e o Barcelona

Vinicius Vieira/Divulgação Santos FC
Santos de Neílton já está na Espanha para pegar o Barcelona

"Pelo contrato, toda a despesa da ida do Santos vai ser paga pelo Barcelona. São 40 passagens e 40 estadias no hotel, o Santos não vai ter nenhuma despesa. Só que, por contrato, toda a receita do espetáculo é do Barcelona. Eles venderam a partida para a TV Globo, algumas emissoras de TV da Europa, dos Estados Unidos e do Oriente Médio. A exploram da imagem do amistoso, patrocínios e tudo mais, ficam para o Barcelona", explicou o vice-presidente alvinegro, Odílio Rodrigues.

No acordo de venda da Joia, também está previsto um amistoso no Brasil. Porém, o clube praiano ainda não conseguiu acertar uma data para a realização deste jogo. Caso o duelo com os catalães aconteça, o Santos irá lucrar com tudo o que a partida envolver.

"A única diferença é que o Barcelona arca com a vinda do time, enquanto o Santos paga o transporte terrestre deles. Na volta, toda a receita será do Santos, que vai poder escolher o campo e ganhar com tudo que cerca a partida", comentou o dirigente.

Com atividade leve, Santos inicia preparação para duelo com Barcelona

Odílio ainda destacou que a data para esse confronto em solo brasileiro está sendo estudada. "Por contrato, esse amistoso tem que ser entre julho e setembro deste ano ou do ano que vem. Vale lembrar que, caso não haja o jogo, o Barcelona paga uma compensação financeira de 4,5 milhões de euros (cerca de R$ 14 milhões), prevista no acordo (da venda de Neymar)", encerrou.

Leia tudo sobre: santosamistosobarcelonaespanhafutebol mundialneymarigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas