Alexandre Kalil levou a delegação atleticana e a taça para o governador Antonio Anastasia

Ronaldinho exibe a taça da Libertadores no palácio do governo de Minas Gerais
Bruno Cantini/Flickr Clube Atlético Mineiro
Ronaldinho exibe a taça da Libertadores no palácio do governo de Minas Gerais

A festa do Atlético-MG pela inédita conquista da Copa Libertadores da América ainda segue viva em Minas Gerais. Nesta terça-feira, jogadores, comissão técnica e dirigentes do clube alvinegro foram ao Palácio Tiradentes e, com a taça em mãos, visitaram o governador mineiro, Antonio Anastasia.

Deixe seu comentário para esta notícia

Assim que chegaram à sede do governo de Minas Gerais, os atletas foram ovacionados pelos inúmeros torcedores que compareceram à entrada do Palácio Tiradentes. Muito animado, Anastasia cumprimentou todos os integrantes da delegação atleticana e, citando uma parte do hino do clube, celebrou que a equipe tenha elevado o nome do estado no "cenário esportivo mundial".

Taça da Libertadores foi exibida no palácio do governo de Minas Gerais
Bruno Cantini/Flickr Clube Atlético Mineiro
Taça da Libertadores foi exibida no palácio do governo de Minas Gerais

"É o cumprimento de todos os mineiros pela conquista magnífica que o Atlético realizou, elevando o nome esportivo de nosso estado ao nível internacional. Aqui é uma recepção dos mineiros. Ficamos muito satisfeitos que um time de Minas tenha conquistado um título tão importante como a Libertadores", afirmou o governador, que ainda mostrou otimismo em relação à disputa do Mundial de Clubes, em dezembro, no Marrocos.

"Tenho certeza que o clube vai levar a torcida dos milhões de mineiros para a disputa internacional no final do ano, em Marrocos", acrescentou.

Antonio Anastasia entregou placa a Alexandre Kalil comemorando a conquista atleticana
Bruno Cantini/Flickr Clube Atlético Mineiro
Antonio Anastasia entregou placa a Alexandre Kalil comemorando a conquista atleticana

O Atlético-MG, representado pelo zagueiro e capitão Réver, entregou uma medalha para o governador, que retribuiu oferecendo uma placa comemorativa. Além disso, ele vestiu a memsa camisa usada pelos jogadores após a conquista do título, no Mineirão.

"O presidente Kalil, gentilmente, me deu uma recordação fundamental e eu falava aqui no pronunciamento da lembrança de meu pai. Ele certamente esta lá no céu muito feliz", destacou Anastasia.

Ao fim da solenidade, a delegação do Atlético-MG foi saudada pela torcida atleticana, que entoou o hino do clube na Praça Cívica da Cidade Administrativa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.