Tamanho do texto

Após jogar na Europa e no Japão, equipe volta ao Brasil para fazer quatro jogos contra times que também lutam contra o rebaixamento

No último jogo antes da viagem, São Paulo empatou com o Corinthians no Pacaembu
SERGIO BARZAGHI / Gazeta Press
No último jogo antes da viagem, São Paulo empatou com o Corinthians no Pacaembu

Nesta semana, o São Paulo interrompe sua luta contra o rebaixamento no Brasileirão para excursionar pelo exterior. Quando voltar a jogar no Brasil, no dia 10 de agosto, a equipe tricolor iniciará a mais importante série de jogos da temporada até aqui.

São Paulo é o 18º: veja classificação, tabela de jogos e artilharia do Brasileirão

Primeiro, o São Paulo joga no Canindé contra a Portuguesa, atual lanterna. Depois, enfrenta outras três equipes que hoje também brigam contra a degola: Atlético-PR (15/8, no Morumbi), Flamengo (18/8, em Brasília) e Fluminense (25/8, no Morumbi).

Leia mais:  Rogério Ceni valoriza empate e elogia esforço defensivo do São Paulo

Até lá, a missão é esfriar a cabeça e acumular confiança. O primeiro passo para isso foi o empate por 0 a 0 com o Corinthians . “Acho que está sendo um recomeço, uma reestruturação da nossa equipe dentro de campo", disse Rogério Ceni, mesmo insatisfeito com o resultado do clássico. “O ideal era vencer, mas vai ficar para a volta da viagem”.

Veja também: Lúcio é barrado de excursão e deve ser desviculado do São Paulo

O técnico Paulo Autuori concorda com o goleiro. "Paramos a tendência de queda. O que vai rolar depois disso depende da gente”, afirmou. “Vamos ver o que acontece no futuro, mas está claro que a gente pode dar uma resposta muito mais positiva do que temos dado até agora", prosseguiu.

A confiança necessária para a dura maratona pode ser conquistada contra grandes clubes do futebol mundial. Na Europa, o São Paulo tem duelos certos contra o Bayern de Munique e o Benfica, mais um jogo contra Manchester City ou Milan. Depois, vai ao Japão enfrentar o Kashima Antlers pela Copa Suruga.