"Difícil dar mérito a quem só se defende", diz Emerson após empate com São Paulo

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Atacante do Corinthians deixa o campo irritado com postura do rival e lamenta resultado que mantém o time longe do grupo dos primeiros colocados do Brasileirão

O atacante Emerson Sheik não escondeu seu descontentamento com o empate sem gols com o São Paulo deste domingo. Mais do que o resultado, que impede o Corinthians de se aproximar dos líderes do Brasileirão, ele deixou o campo do Pacaembu irritado com a postura do adversário.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Dar méritos para uma equipe que só se defende é difícil", declarou Emerson na saída do gramado. "Mérito a gente dá quando uma equipe marca e ao mesmo tempo procura jogar, busca o gol. Sinceramente, é complicado furar um bloqueio de oito ou nove jogadores só se defendendo. Essa foi a postura do São Paulo hoje. Fazer o quê?", completou.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Wagner Carmo/Inovafoto/Gazeta Press
Emerson Sheik corre atrás da bola no clássico contra o São Paulo no Pacaembu

O empate contra o rival em crise, definitivamente, não estava nos planos de Emerson. "Perdemos dois pontos. A ideia era vencer hoje e tentar a aproximação do grupo dos oito primeiros, para depois chegar aos quatro primeiros. Mas tem muita coisa pela frente", analisou.

O meia Renato Augusto, que entrou no jogo durante o segundo tempo, não teve a mesma postura crítica de Emerson com relação à retranca do adversário. Mas considera que o Corinthians poderia ter conseguido um resultado melhor.

"Se tivesse que sair alguém com a vitória, seria justo que fosse o Corinthians. Infelizmente, não fizemos o gol", declarou Renato Augusto.

Leia tudo sobre: EmersonCorinthiansBrasileirãoSão Paulo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas