Em Guaratinguetá, Palmeiras inicia maratona para continuar na liderança

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O intervalo entre as partidas será de, no máximo, quatro dias, também por conta do início da participação alviverde na Copa do Brasil

CÉLIO MESSIAS/Gazeta Press
Palmeiras busca a quinta vitória seguida

O Palmeiras começará às 16h20 (de Brasília) deste sábado, em Guaratinguetá, uma maratona de partidas, e com a missão de repetir o desempenho que, por enquanto, o coloca na liderança da Série B do Brasileiro. Com quatro vitórias seguidas, o time enfrenta a equipe da casa e precisa dos três pontos como preparação para a sequência de partidas.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Quando teve uma semana cheia de treinos, o Palmeiras, que já tinha vencido o América-RN antes da pausa do torneio na Copa das Confederações, goleou Oeste e ABC e ainda virou sobre o Figueirense. Com um jogo a mais em relação ao Chapecoense, o clube assumiu a primeira posição.

Agora, contudo, o intervalo entre as partidas será de, no máximo, quatro dias, também por conta do início da participação alviverde na Copa do Brasil. Por isso, a preocupação de Gilson Kleina não é nem com a ponta da tabela, mas em se manter na faixa da tabela que vale vaga na primeira divisão.

Leia mais: Palmeiras homenageia Djalma Santos em seus uniformes

"Precisamos monitorar o quinto lugar, já que são quatro vagas com o mesmo objetivo. É claro que a liderança te dá mais confiança, é a realização do trabalho e de tudo aquilo que você exerceu, mas o que monitoramos mesmo é o nosso nível de jogo. Temos que mantê-lo dinâmico", falou o treinador, empolgado com as últimas apresentações.

Para o confronto no Vale do Paraíba, a única novidade entre os titulares é Henrique, que volta de suspensão e retorna na vaga de Vilson. Alan Kardec, decisivo ao entrar no intervalo e cabecear na trave a bola que virou o gol da vitória marcado por Valdivia, fica no banco de reservas por ainda não estar em plenas condições físicas.

A ordem de Gilson Kleina é ter diante do Guaratinguetá, mais perto da zona de rebaixamento do que da faixa de acesso, o mesmo empenho apresentado na casa do Figueirense, adversário direto do Palmeiras na briga para retornar à primeira divisão do futebol brasileiro."Vamos precisar respeitar e ter humildade para competir, neutralizando os pontos fortes deles e impondo os nossos para fazer um grande jogo e o resultado de vitórias ou trazendo ponto para casa", pediu, ciente do que enfrentará neste sábado.

Veja também: Sem documentação, Eguren não viaja para o interior

"O Guaratinguetá marca muito forte em casa e vem de duas vitórias, a última delas fora de casa contra o São Caetano, o que não é fácil. Tem jogadores rápidos e experientes e conta com o diferencial de jogar no seu gramado, que espero que esteja em condições boas", comentou Kleina.

No time da casa, ninguém esconde a ansiedade de aparecer no cenário nacional diante de um adversário do porte do Palmeiras. Apesar de todo o clima de decisão entorno da partida, o técnico Carlos Octávio garante que não preparou nada especial para tentar superar o Verdão. Segundo o treinador, o trabalho feito nas duas últimas vitórias - contra Icasa e São Caetano - será mantido.

"Estamos nos preparando como fizemos nos outro jogos. Não tem nada de especial por ser o Palmeiras. É um adversário difícil, mas a única diferença para outros é que é de Série A. O padrão de jogo deles ainda está sendo reestruturado, só agora emplacaram uma sequência. É grande, tem camisa, mas não terá nenhum trabalho específico para encará-los", afirmou o comandante da Garça.

Nem mesmo a grande possibilidade de ver o estádio Dario Rodrigues Leite tomado por palmeirenses assusta Octávio. "Já tivemos essa experiência anteriormente, mas é óbvio que a casa vai estar cheia. Os jogadores são profissionais e estão acostumados. Seria muito mais interessante ter 10 mil torcendo para o Guará, mas infelizmente isso não vai acontecer", lamentou o técnico, que não contará com Marquinhos, machucado, e Wendel, suspenso, e por isso deve escalar Pedro Paulo na zaga.

FICHA TÉCNICA
GUARATINGUETÁ X PALMEIRAS

Local: estádio Dario Leite, em Guaratinguetá (SP)
Data: 27 de julho de 2013, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Bruno Salgado Rizo (ambos de SP)

GUARATINGUETÁ: Saulo; Murilo, Pedro Paulo, Leandro e Ruan; Julio César, Juninho, Bruno Formigoni, Renato Peixe e Moacir; Douglas Tanque
Técnico: Carlos Octávio

PALMEIRAS: Fernando Prass; Luis Felipe, Henrique, André Luiz e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Valdivia; Leandro e Vinicius
Técnico: Gilson Kleina

*especial para a GE.net

Leia tudo sobre: palmeirasguaratinguetásérie b 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas