Dupla de zaga do Atlético-MG aponta torcida como fundamental para o título

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Réver e Leonardo Silva levaram 18 gols durante toda a competição, mas também marcaram presença no ataque com gols decisivos no decorrer do torneio

Pedro Vilela/Reuters
Leonardo Silva comemora o segundo gol do Atlético diante do Olimpia no Mineirão

Destaques da brilhante campanha que levou o Atlético-MG, a dupla de defensores, Leonardo Silva e Réver, apontou o apoio do torcedor como um fator determinante para a conquista inédita. Para o autor do segundo gol do jogo final, a determinação dos jogadores só cresceu com cada grito dos fãs.

Baixe os pôsteres do Atlético-MG campeão da Libertadores 2013

É emocionante ver a torcida acreditando, nos apoiando. Corremos para poder retrubuir esse carinho e essa confiança. A gente se sacrificou, buscou até o final. Também estávamos bem preparados e sempre acreditamos no resultado", declarou o zagueiro.

Réver falou sobre as dificuldades por que o time passou por conta da derrota no jogo de ida e se lembrou do início de sua passagem pelo Galo, em uma fase bem mais difícil do clube mineiro.

Jogadores invadem coletiva e dão banho de água, gelo e champanhe em Cuca

"Foram dias tensos nesta semana, mas agora podemos comemorar. Fomos humildes e nos superamos aqui. Coroamos todo o apoio da torcida com este título, que é muito importante para nós e para o clube. É um momento ótimo. Passamos por anos de turbulência em 2010 e 2011, mas agora somos parte da história do clube. Ainda não sabemos bem o que significa isto, mas daqui alguns anos, teremos noção da nossa importância", afirmou.

A dupla campeã levou 18 gols durante toda a competição, mas também marcou presença no ataque com gols decisivos no decorrer do torneio, como o de Leonardo Silva na noite desta quarta.

Rever levanta a taça inédita da Copa Libertadores para o Atlético-MG. Foto: Yuri Edmundo/Gazeta PressO volante Josué comemora o segundo título de Copa Libertadores de sua carreira. Foto: Andres Stapff/ReutersGuilherme comemora o título e jogadores do Olimpia lamentam derrota. Foto: Andres Stapff/ReutersRonaldinho e Leonardo Silva comemoram o segundo gol do Atlético. Foto: Andres Stapff/ReutersLeonardo Silva cabeceia, faz o segundo gol do Atlético e leva final para a prorrogação. Foto: Andres Stapff/ReutersCuca vibra bastante com o gol de Leonardo Silva, o segundo do Atlético-MG contra o Olimpia. Foto: Bruno Magalhaes/APVictor se irrita com Salgueiro, que pediu pênalti para o Olimpia. Foto: Bruno Magalhaes/APJô comemora seu gol no Mineirão: 1 a 0 para o Atlético-MG. Foto: Nelson Antoine/APDiego Tardelli lamenta chance perdida na decisão da Libertadores. Foto: Andres Stapff/ReutersO árbitro colombiano Wilmar Roldan chama a atenção de Alejandro Silva. Foto: Pedro Vilela/ReutersAranda sofre falta dura de Josué na final da Libertadores. Foto: Andres Stapff/ReutersPierre reclama de falta cometida por Salgueiro. Foto: Andres Stapff/ReutersRonaldinho alça bola na área, jogada bastante explorada pelo Atlético. Foto: Andres Stapff/ReutersBernard arrisca chute, Mazacotte tenta bloquear. Foto: Bruno Magalhaes/APBenitez arrisca um belo chute para o Olimpia. Foto: Nelson Antoine/APTenso, Cuca observa a partida no Mineirão. Foto: Andres Stapff/ReutersRonaldinho se livra da marcação de Aranda na final da Libertadores. Foto: Andres Stapff/ReutersCandía observa Jô tentar o domínio de bola no Mineirão. Foto: Andres Stapff/ReutersMichel e Leonardo Silva observam Silva arrematar a gol. Foto: Nelson Antoine/APTorcida do Atlético-MG se agita antes da final no Mineirão. Foto: Andres Stapff/ReutersTorcida Olimpia confiante no quarto título da Libertadores. Foto: Andres Stapff/ReutersAtlético-MG posa para foto antes da final da Copa Libertadores 2013. Foto: Nelson Antoine/APOlimpia posa para foto antes da final da Copa Libertadores 2013. Foto: Nelson Antoine/AP


Leia tudo sobre: leonardo silvaréveratlético-mglibertadores

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas