Em uma semana que o time ganhou de 3 a 1 do Fluminense, o otimismo se tornou imenso e o clima em São Januário é diferente do início do Brasileirão

Dorival Júnior comanda treino no Vasco
Marcelo Sadio/vasco.com.br
Dorival Júnior comanda treino no Vasco

A eliminação precoce no Campeonato Carioca fez a torcida temer muito pela campanha do Vasco no Campeonato Brasileiro . Afinal de contas, além de fragilizado pelos maus resultados, o time ainda tinha perdido peças importantes, como o zagueiro Dedé, que se transferiu para o Cruzeiro, e o atacante Bernardo, que se afastou dos gramados por conta de uma cirurgia no joelho.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A chegada de Paulo Autuori, ainda durante o Estadual, serviu um pouco de alento. Porém, alguns maus resultados no Brasileirão, como a goleada de 5 a 1 sofrida para o São Paulo, e os 5 a 3 diante do Internacional, minaram a permanência do treinador, que já dava sinais de insatisfação com os constantes atrasos salariais. O pedido de demissão de Autuori colocou ainda mais lenha no caldeirão de São Januário.

Porém, passado alguns dias o clima no clube está bem diferente. A volta do técnico Dorival Júnior, que comandou a equipe na conquista do título da Série B do Campeonato Brasileiro, motivou os torcedores, que pularam mesmo de alegria com a confirmação do retorno de Juninho Pernambucano, que estava no futebol dos Estados Unidos e voltou para encerrar a carreira na Colina.

Junto com os dois, o elenco foi reforçado por outros jogadores. O zagueiro Rafael Vaz assumiu de vez a condição de titular e vem agradando. A expectativa pela estreia do meia colombiano Montoya, que estava no All Boys, da Argentina, é enorme e, como cereja do bolo, veio Pablo Guiñazú, volante símbolo de raça que estava no Libertad, do Paraguai, mas que se destacou pelo Internacional.

Em uma semana que o time ganhou de 3 a 1 do Fluminense, com direito a gol de Juninho Pernambucano, no reencontro com o Maracanã, o otimismo de tornou imenso e o clima em São Januário é completamente diferente.

"Nós pensamos sim na conquista do título. Vim para o Vasco para ser campeão brasileiro", disse Guiñazú, para delírio dos torcedores, na apresentação para os jornalistas, na quarta-feira.

A frase ganhou apoio do presidente Roberto Dinamite, presente ao evento. "Acredito no trabalho que está sendo desempenhado pelo Vasco. Acredito nos profissionais que estão por aqui. O Vasco está neste Brasileiro pensando na conquista do título", disse Dinamite, que até há algumas semanas vinha inclusive evitando dar entrevistas para não causar mais polêmicas no tumultuado cenário político do clube.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.