Depois de ficar afastado por conta de uma série de lesões, o meia chileno foi titular nas últimas três partidas do Palmeiras

Valdivia em treino do Palmeiras
Marcello Zambrana/Gazeta Press
Valdivia em treino do Palmeiras

Titular do Palmeiras nos últimos três jogos, depois de ficar afastado por conta de uma série de lesões, Valdivia vem tentando aos poucos recuperar o prestígio que já teve com a torcida alviverde. Para alcançar esse objetivo, ele está disposto até a ‘burlar’ a programação do departamento médico, que tinha a intenção de poupá-lo em algumas partidas. Foi o que o próprio atleta garantiu nesta quarta-feira, em entrevista coletiva concedida na Academia de Futebol.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Conversei por cima com a comissão técnica, mas quando me perguntei, falei que quero jogar no sábado . Quem vai decidir isso são os que estão acima de mim, o professor Gilson, o departamento médico. Depois do jogo deste sábado resolveremos isso. Mas não temos nenhuma grande reunião para fazer. Se eu falar que quero jogar, não tem mais nada a ser falado, embora vá respeitar o que o treinador decidir", disse.

Entretanto, os constantes problemas físicos fazem Valdivia manter certa cautela. Só a última lesão, na coxa direita, o deixou mais de 110 dias longe dos gramados. Assim, ele evitou fazer prognósticos muito longos ou pensar em um retorno à seleção chilena.

Leia mais: Reservas do Palmeiras superam frio e goleiam Hortolândia por 5 a 0

"Meu objetivo é o curto prazo, atuar no próximo jogo. Quero fazer uma partida boa contra o Guaratinguetá para manter o Palmeiras na liderança. (...) Ainda nem pensei em seleção, mas é claro que estou esperançoso com a possibilidade de voltar a defendê-la", afirmou.

"Feliz" e "bem fisicamente", o meia chileno crê que já conseguiu recuperar um pouco da confiança da torcida, que chegou a ameaçá-lo de agressão no começo do ano . Desde que ele voltou a ser titular, há três jogos, o Palmeiras marcou 11 gols, boa parte com participação direta dele.

"A melhor resposta que poderia dar foi no jogo contra o ABC, com o estádio pedindo para eu bater o pênalti . O nosso relacionamento é bom e espero continuar recebendo essa confiança", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.