Alan Kardec treina até de shorts no frio, mas não se garante como titular

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

"Se precisar, estou preparado para começar, mas preciso ter pés no chão para entrar no decorrer dos jogos", conformou-se o camisa 14 do Palmeiras

Após estrear no sábado atuando durante todo o segundo tempo da vitória sobre o Figueirense, Alan Kardec ainda não pôde trabalhar com bola, mas tem se esforçado a ponto de enfrentar o frio treinando de shorts no campo. É o esforço de um jogador que, apesar do empenho, não sabe se será titular neste fim de semana, contra o Guaratinguetá.

Alan Kardec cita diferença entre Santos e Palmeiras: 'Aqui tem mais pressão'

"Se o Gilson Kleina me perguntar, vou dizer que estou disposto, mas preciso ser inteligente para saber quanto vou aguentar para não ter lesão. Tenho vontade de jogar, mas os treinos durante a semana vão dizer se serei titular. Joguei 45 minutos contra o Figueirense e me senti melhor do que no jogo-treino que fiz antes", comentou o atacante.

Marcello Zambrana/Gazeta Press
Alan Kardec em ação no Palmeiras

Mesmo pouco aparecendo no campo, contudo, o jogador tem chamado atenção. Como complementação às atividades físicas que realiza na maior parte do tempo na sala de musculação da Academia de Futebol, o atleta emprestado pelo Benfica até 30 de junho vai ao gramado para correr e é o único a abdicar da calça comprida.

"Estou acostumado. Em Portugal, chega a fazer um pouco mais de frio do que aqui, mas o treinador falava que não podia treinar de calça. Não sei a razão dessa regra, porque todos treinam de calça, mas me acostumei. E, quando você começa a correr e treinar, a adrenalina sobe e você e esquece do frio. Está bastante frio, mas não me atrapalha. Eu me sinto mais confortável em correr sem tanta roupa", explicou.

O que o deixaria realmente confortável, porém, é treinar mais com bola. "É complicado ver os companheiros em campo, dá uma grande vontade de estar ali. Eu queria pegar a bola, chutar, marcar, mas existem coisas pré-determinadas para tudo acontecer naturalmente e eu alcançar a minha melhor capacidade física", apontou.

Vontade de ser titular já neste sábado não falta. "Se precisar, estou preparado para começar, mas preciso ter pés no chão para entrar no decorrer dos jogos", conformou-se o camisa 14, parecendo já se antecipar à ideia de ficar no banco de novo neste sábado.

"Ainda estou treinando, cumprindo a cartilha de trabalhos e de fortalecimento muscular. Cumpro tudo que foi determinado para estar 100% logo. Tenho que ser inteligente e saber que preciso estar forte fisicamente para aguentar até o fim do ano", prosseguiu Alan Kardec.

Leia tudo sobre: palmeirasalan kardecigspsérie b

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas