O meia-atacante do Grêmio deixou claro que o time gaúcho trata o jogo contra o Fluminense como uma decisão, sem qualquer tipo de facilidade

Zé Roberto comemora gol do Grêmio
Edu Andrade / Fatopress/Gazeta Press
Zé Roberto comemora gol do Grêmio

A má fase do Fluminense não é recebida no Grêmio como um sinal de que a partida do próximo domingo, na Arena, possa ser fácil. Nesta terça, após o treino que abriu a semana preparatória para o confronto do final de semana, o meia Zé Roberto deixou claro que o time gaúcho trata o jogo com o Tricolor Carioca como uma decisão, sem qualquer tipo de facilidade.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Jogamos contra um time que não vai brigar pelo título, mas algumas situações nos impediram de buscar a vitória", lembrou o meia, a respeito da derrota por 2 a 1 para o Criciúma. "Contra o Fluminense não será assim. É o atual campeão brasileiro, tem um time de peso e jogará de igual para igual na Arena. Não é somente mais um adversário: é um concorrente direto em busca do título. Não será fácil", completou.

Zé Roberto revelou que mantém conversas frequentes com Matheus Biteco, e que aconselhou o garoto após a sua expulsão em Criciúma. Como capitão do Grêmio, revelou que também tentou conversar com Vargas a respeito do cartão vermelho recebido pelo chileno no Heriberto Hülse, mas não teve oportunidade. "Em uma conversa com o grupo ele reconheceu o erro e pediu desculpas a todos", garantiu.

Leia mais: Rhodolfo chega ao Grêmio, elogia torcida e vê disputa sadia na zaga

O curioso é que o próprio Zé Roberto pode pegar um gancho grande pelo lance com o lateral Lucas, do Botafogo, que teve o tornozelo fraturado na jogada. A suspensão do meia gremista pode ser de até 180 dias, caso seja condenado no STJD.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.