Renato Augusto pede Corinthians implacável contra rival em crise

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

O meio-campista espera que não haja pena do adversário, que não vence há dez partidas e vive crise profunda

Miguel Schincariol/Gazeta Press
Na final da Recopa, Renato Augusto marcou um golaço no São Paulo

Renato Augusto já está cansado de jogar clássicos. O Corinthians enfrentou o São Paulo na semana passada e voltará a encarar o rival no domingo, no Pacaembu. No quinto Majestoso da temporada, o meio-campista espera que não haja pena do adversário, que não vence há dez partidas e vive crise profunda.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"É um momento ruim, todo clube passa por momentos assim, é inevitável. Mas a gente não pode estar aqui para ajudá-los. Temos que pensar na gente, pensar em vitória. Nada melhor do que uma vitória em um clássico", afirmou o camisa 8.

"Realmente, é difícil trabalhar sem paz, sem tranquilidade, mas tenho que pensar no Corinthians. Viemos de um título e vamos em busca de outro, com o apoio de nossa torcida, que vem nos ajudando bastante. Temos grande chance de sair vitoriosos, mas é com trabalho que conseguiremos isso", acrescentou.

Leia mais: Corinthians espera Ralf, única dúvida para clássico contra São Paulo

Independentemente da situação do São Paulo, o Timão precisa da vitória para engrenar no Campeonato Brasileiro. A equipe dirigida por Tite conquistou dez pontos em oito rodadas, suficientes apenas para o 13º lugar, e será ultrapassada até pelo time do Morumbi em caso de derrota.

Para se aproximar dos líderes, o Alvinegro tem de triunfar no Nacional como fez na Recopa, ainda que os atletas já estejam enjoados de enfrentar o mesmo adversário. "Aqui no Brasil, joga-se um clássico por mês, isso quebra um pouco o encanto. Mas vamos tentar essa vitória, precisamos dela", concluiu Renato Augusto.

Leia tudo sobre: corinthiansrenato augustobrasileirão 2013igsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas