Mano reconhece fama do Flamengo de não honrar obrigações e vê reconstrução

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Salários atrasados e não cumprimento de acordos foram tema de entrevista do treinador

Fabio Castro/Agif/Gazeta Press
Mano Menezes inicia seu trabalho no Flamengo

Os constantes atrasos de salário e os diversos problemas financeiros do Flamengo nos últimos anos fizeram com que até o atual técnico da equipe, Mano Menezes, tenha reconhecido que a fama de mau pagador do clube ainda existe. As declarações foram dadas à TV Globo neste domingo.

Inter e Flamengo duelam em encontro de Dunga e Mano, os antecessores de Scolari

"Nos bastidores, o Flamengo tinha aquela imagem de que não cumpria o que prometia, não honrava as obrigações. Quando o Vampeta falou aquela frase, ele não estava mentindo", disse. A passagem do volante pelo clube da Gávea, em 2001, ficou famosa por uma frase dita por ele: "O Flamengo finge que paga, e a gente finge que joga".

Veja a tabela completa do Campeonato Brasileiro

No entanto, Mano, na equipe há pouco mais de um mês, elogiou a atual gestão rubro-negra. Desde que assumiu a presidência, no começo do ano, o presidente Eduardo Bandeira de Mello tem afirmado repetidamente a importância de diminuir a dívida do clube, estimada em R$ 750 milhões.

"A gente sabe que o futebol carioca, nos últimos anos, ficou devendo em relação aos outros centros. O importante é que está comprovado que esta diretoria tem como compromisso honrar todas as obrigações", afirmou.

Por fim, Mano garantiu que a tradição do clube pode ajudar a diretoria a ‘encurtar’ o caminho até a solução dos problemas financeiros.

"Um clube desse tamanho, uma verdadeira nação, um gigante adormecido, pode deixar essa recuperação mais curta. Se você começa a fazer as coisas certas, em um curto espaço de tempo os resultados aparecem", disse.

Leia tudo sobre: flamengomano menezesbrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas