Time goiano prevaleceu e se afastou da zona de rebaixamento, onde a Lusa permanece

O Goiás confirmou seu bom momento no Campeonato Brasileiro ao vencer de virada, neste domingo, a Portuguesa, pelo placar de 2 a 1, no estádio Serra Dourada. Após sofrer o gol de Bruno Moraes, os esmeraldinos conseguiram o empate com Renan Oliveira no fim do primeiro tempo, e, com o estreante Tartá participando da jogada, viraram o jogo, novamente com Renan Oliveira, aos 20 da segunda etapa.

Veja a tabela completa do Campeonato Brasileiro após oito rodadas disputadas

Com o resultado, o Goiás chegou aos 12 pontos somados e se aproximou do G-4. A diferença em relação ao Internacional, agora quarto colocado, permanece em três pontos.

Jogadores do Goiás comemoram gol da vitória sobre a Portuguesa
Carlos Costa/Futurapress
Jogadores do Goiás comemoram gol da vitória sobre a Portuguesa

Pelo lado da Portuguesa, a derrota aumentou a sequência de jogos sem vencer para seis. A equipe comandada por Edson Pimenta tem apenas uma vitória na competição, conquistada na segunda rodada. A segunda derrota seguida reforça o sinal de alerta no time paulista, que caiu uma posição, e agora está na penúltima posição.

Na próxima rodada, o Goiás enfrenta o Bahia, na Fonte Nova. A Lusa terá um confronto direto para se livrar do rebaixamento: joga contra o Atlético-PR, 18º colocado, no Canindé.

O jogo
O primeiro tempo da partida foi marcado pelo equilíbrio. As duas equipes dividiram as poucas chances de gol criadas, e o placar só foi aberto aos 39 minutos do primeiro tempo.

E foram os visitantes que fizeram o primeiro. Souza cruzou de trivela para a área, Bruno Moraes subiu e cabeceou bem, testando firme para o fundo do gol defendido por Renan.

Os esmeraldinos não se abateram com o gol sofrido, e cinco minutos mais tarde, quase no fim do primeiro tempo, empataram a partida com um belo gol. Renan Oliveira tabelou com Walter, e na saída de Lauro deu um toquinho na bola, encobrindo o goleiro da Lusa.

Na volta do intervalo, a escassez de oportunidades se manteve, e os primeiros 20 minutos de jogo foram marcados pelo equilíbrio de ações entre as duas equipes.

Aos 21 minutos, no entanto, uma mudança do técnico Enderson Moreira surtiu efeito. O estreante Tartá, que acabara de deixar o banco de reservas, cruzou, Walter dominou com categoria e ajeitou de peito para Renan Oliveira, que encheu o pé no canto esquerdo do gol, virando a partida para o Goiás.

O Goiás teve a chance de ampliar o marcador aos 35 minutos, quando Neto Baiano acertou a trave com uma cabeçada e Hugo, por ter sido puxado, não conseguiu pegar o rebote. A arbitragem não viu irregularidade no lance, e nada marcou.

Aos 41 minutos, o meia Hugo recebeu o vermelho direto após uma dividida com o meia Henrique. O camisa 10 esmeraldino mostrou a sola da chuteira, e acabou punido com a pena máxima pelo árbitro.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 2 X 1 PORTUGUESA

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 21 de julho de 2013, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols (RJ)
Assistentes: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Flavio Gomes Barroca (RN)

Cartões amarelos: Amaral e Walter (Goiás) e Correa e Henrique (Portuguesa)

Cartões vermelhos: Hugo (Goiás)

Gols: GOIÁS: Renan Oliveira aos 44 minutos do primeiro tempo e aos 21 minutos do segundo tempo
PORTUGUESA: Bruno Moraes aos 39 minutos do primeiro tempo

GOIÁS: Renan; Clayton Sales (Ramon), Ernando, Rodrigo e William Matheus; Amaral, Thiago Mendes, Renan Oliveira (Neto Baiano) e Hugo; Araújo (Tartá) e Walter
Técnico: Enderson Moreira

PORTUGUESA: Lauro; Ivan (Neilson), Lima (Lucas Silva), Valdomiro e Rogério; Bruno Corsini, Corrêa, Souza e Cañete; Jean Mota (Henrique) e Bruno Moraes
Técnico: Edson Pimenta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.