Atlético-PR recebe Corinthians em duelo de times que estão devendo no Brasileiro

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Time paulista busca inspiração em título da Recopa para embalar. Maldonado será titular

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Corinthians e Atlético-PR não se enfrentam desde 2011

Devendo desde o início do Campeonato Brasileiro, com apenas duas vitórias em sete rodadas, o Corinthians tem motivos para estar otimista em relação à sequência da competição. Campeão da Recopa Sul-americana, o time de Tite parece enfim livre de lesões mais graves e espera embarcar na alegria da conquista para engrenar. O desafio será enorme, contra o Atlético-PR, pressionado por uma campanha ruim no Brasileirão. 

Veja a tabela do Campeonato Brasileiro

Os atletas garantem que o histórico recente do Corinthians --- vencedor de ao menos uma edição de todas as competições disputadas desde o retorno de Tite, no final de 2010 --- não vai tirar a motivação dos atletas. "Não é o perfil desse grupo. Queremos mais e estamos muito concentrados no Brasileiro", disse Edenílson.

Para começar a entrar na briga pelo hexa nacional, o Alvinegro busca um bom resultado na Vila Capanema. A equipe encontrará um adversário em situação bem diferente: jejum de títulos, zona de rebaixamento e torcida revoltada --- até as obras na Arena da Baixada, atrasadas e com ameaça de interrupção no repasse de verbas, estão em situação mais crítica do que as do estádio do Corinthians. Como desfalques, terá Guerrero e Sheik, poupados, e Ralf, com dores na coxa direita. O trio será substituído, respectivamente, por Pato, Renato Augusto e Maldonado.

Com manifestação de torcedores marcada para momentos antes do jogo, Vagner Mancini tenta dar um jeito na equipe que acaba de assumir. Após um empate com o Paysandu na estreia, pela Copa do Brasil, ele conta com novidades entre os convocados: o zagueiro Luiz Alberto, o volante Bruno Silva, os meais Éverton e Paulo Baier, poupados no meio de semana, e o uruguaio Marcelo Palau, com documentação liberada.

Mancini tem dúvidas na escalação do time. Elas começam na defesa, setor em que o bom desempenho de Dráusio na última partida ameaça Luiz Alberto. Existe também a expectativa de que Paulo Baier seja aproveitado, o que não vinha acontecendo com o técnico anterior, Ricardo Drubsky.

FICHA TÉCNICA - ATLÉTICO-PR X CORINTHIANS

Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Data: 21 de julho de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Arbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Marcus Vinicius Gomes (MG)

ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonas, Manoel, Luiz Alberto (Dráusio) e Léo; Bruno Silva, João Paulo, Zezinho, Paulo Baier (Felipe) e Everton; Éderson
Técnico: Vagner Mancini

CORINTHIANS: Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Igor (Fábio Santos); Maldonado e Guilherme; Romarinho, Danilo e Renato Augusto; Alexandre Pato
Técnico: Tite

Leia tudo sobre: Atlético-PRCorinthiansbrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas