Dos 17 treinadores que já foram campeões pelo clube, gaúcho ultrapassa Oswaldo Brandão e acumula cinco conquistas

A conquista da Recopa Sul-Americana, além do gosto especial pela vitória sobre um rival, simboliza a consagração definitiva de Adenor Leonardo Bacchi em um dos clubes mais populares do Brasil. O torneio continental foi o quinto título de Tite pelo Corinthians, o que o coloca como o técnico mais vencedor da história do clube.

Comente esta notícia com outros torcedores

No cargo desde outubro de 2010 - são mais de mil dias de trabalho -, Tite estava empatado com Oswaldo Brandão no topo desta lista, com quatro taças para cada. O lendário treinador, morto em 1989 e que tirou os alvinegros de um jejum de 23 anos sem troféus ao bater a Ponte Preta na final do Campeonato Paulista de 1977, ainda é soberano no número de jogos pelo clube: 439, enquanto Tite é o quarto neste quesito, com 237. Apenas 17 técnicos conquistaram títulos pelo Corinthians em 102 anos de existência. 

"Já me falaram isso, mas estava meio aéreo. É claro que fico contente, que gosto, que não sou falso humilde. Mas tenho de ter a inteligência de saber que é um conjunto de um trabalho. Sei reconhecer o estafe todo, um grupo de atletas que está aqui desde o início de tudo. Chicão, Alessandro, Julio Cesar, que participaram de toda essa retomada. É bonito" avaliou Tite após o jogo.

“Sempre foi o apoio dos torcedores o que fez a diferença para a gente nos momentos decisivos. Vamos precisar desse incentivo de novo. A gente tinha a obrigação de retribuir esse carinho", completou Tite, dedicando o título da Recopa aos corintianos.

Com a Recopa, Tite chegou ao segundo título em 2013 e também igualou seus melhores anos de carreira em termos de conquistas (2001, 2009 e 2012). Ele, porém, ainda disputa mais duas competições nesta temporada e pode ampliar sua galeria de troféus .


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.