Time de Dunga sai atrás no marcador, mas iguala a partida e carimba vaga após vencer o primeiro jogo por 3 a 1

Willians disputa a bola com Fábio Jr.
Pedro Vilela/Vipcomm
Willians disputa a bola com Fábio Jr.

O Internacional está nas oitavas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, saiu perdendo para o América-MG , mas conseguiu o empate em 1 a 1 e carimbou vaga após vencer o jogo de ida por 3 a 1. D’Alessandro fez o gol do Inter, e Ronaldo Alves, contra, marcou para o time da casa.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O primeiro tempo foi muito aberto, com várias chances de lado a lado. O América-MG começou melhor e pressionou nos minutos iniciais, já que precisava reverter a desvantagem, mas a partir da metade da etapa inicial o Inter foi se soltando e levando perigo nos contragolpes. Na etapa final, o Coelho abriu o placar e ameaçou pressionar em busca do segundo, mas o gol de D’Alessandro esfriou a reação.

Classificado, o Internacional aguarda sorteio para conhecer seu adversário nas oitavas de final. O Colorado volta a campo domingo, pelo Brasileiro, contra o Flamengo, em Novo Hamburgo. Já o América-MG visitará a Chapecoense, líder da Série B, no sábado.

O jogo

Precisando reverter a desvantagem do jogo de ida, o América-MG começou o jogo com tudo. Aos três minutos, o zagueiro Vítor Hugo apanhou rebote após cobrança de falta e não pegou em cheio, mas obrigou Muriel a uma defesa difícil. A seguir, Andrei Girotto arriscou de longe e levou perigo. O mesmo Andrei recebeu de Rodriguinho aos 13 e chutou por cima.

O Inter só começou a sair da pressão depois dos 16 minutos. Foi quando Danilo salvou o América-MG, impedindo arremate de Jorge Henrique após cruzamento de Fabrício. Após o susto, o time mineiro chegou perto aos 22, quando Leandro Silva chutou em cima de Índio. Aos 27, outra grande chance: Tiago Alves acertou o travessão e Kaio quase fez de bicicleta no rebote.

O América-MG seguia mais perigoso. Aos 31, Claudinei chutou por cima do gol de Muriel após jogada de Andrei Girotto e Danilo. Jorge Henrique respondeu em chute para fora aos 35, mas dois minutos depois o Coelho chegou bem novamente: Tiago Alves procurou Kaio na área, mas Willians se jogou na bola e evitou a conclusão.

Aos 40, a melhor chegada colorada no primeiro tempo: Matheus defendeu bom chute de Kleber, e Gualberto impediu que Forlán aproveitasse o rebote. No minuto seguinte, Forlán fez grande jogada e rolou para Josimar chutar na rede pelo lado de fora. Aos 43, Rodriguinho chutou com muito perigo e quase abriu o placar.

O Inter voltou mais bem organizado defensivamente no segundo tempo, e controlou os primeiros minutos. No entanto, o América-MG teve a primeira grande chance quando chegou, aos 13: Rodriguinho viu Muriel adiantando e soltou uma bomba no travessão. Na jogada seguinte, não houve jeito: Leandro Silva cruzou da direita, Ronaldo Alves tentou cortar de cabeça e fez contra: 1 a 0.

A equipe mineira, a um gol da classificação, partiu para o tudo ou nada. Aos 17, Rodriguinho aproveitou rebote da zaga do Inter e chutou, mas Kaio não conseguiu alcançar para empurrar para a rede. O empate colorado quase veio aos 21: após boa jogada de Josimar, D’Alessandro bateu de primeira e Matheus pegou. Aos 23, não houve erro: D’Ale recebeu de Jorge Henrique e arrematou rasteiro, sem chances, empatando o jogo.

Tentando uma última cartada, Paulo Comelli pôs o veterano Fábio Júnior aos 31. No minuto seguinte, ele cabeceou com perigo um cruzamento de Brayan, raspando a trave de Muriel. No entanto, o Coelho não criou mais perigo. Ao contrário, quase levou o segundo aos 43, em chute perigoso de Jorge Henrique.

FICHA TÉCNICA - AMÉRICA-MG 1 x 1 INTERNACIONAL
Local:
Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 17 de julho de 2013 (quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Luiz H Souza Santos Renesto (PR)
Cartões amarelos: Claudinei e Gualberto (América-MG); Muriel, D’Alessandro e Willians (Internacional)

Gols
AMÉRICA-MG: Ronaldo Alves, contra, aos 14 minutos do segundo tempo
INTERNACIONAL: D’Alessandro, aos 23 minutos do segundo tempo

AMÉRICA-MG: Matheus; Leandro Silva, Gualberto, Vítor Hugo e Danilo (Brayan); Claudinei, Andrei Girotto, Kaio (Fábio Júnior) e Rodriguinho; Willians (Laércio) e Tiago Alves.
Técnico: Paulo Comelli

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Índio (Jackson), Ronaldo Alves e Kleber (Rafael Moura); Willians, Josimar, Fabrício e D’Alessandro; Forlán (Aírton) e Jorge Henrique.
Técnico: Dunga

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.