Técnico tem contrato até dezembro com o Corinthians e evitar falar sobre seu futuro

Tite comemora título do Corinthians na Recopa no vestiário do Pacambu
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Tite comemora título do Corinthians na Recopa no vestiário do Pacambu

Tite completa em outubro três anos de Corinthians . Nesta semana engatou 1000 dias no cargo. Seu contrato acaba em dezembro. Ele costuma dizer que este prazo é o limite para um técnico no futebol brasileiro. Mais que isso é quase insustentável. Sorte (ou azar) de Tite que Mário Gobbi, presidente do clube, não tenha a mesma visão.

Tite deve seguir no comando do Corinthians? Comente com outros leitores

Após o título da Recopa – conquista que pôs Tite como o treinador mais vitorioso da história do Corinthians – Gobbi foi questionado sobre o futuro do técnico, um dos mais cobiçados do país e que já disse ter o interesse de trabalhar no Rio de Janeiro . Se depender do mandatário, não tem conversa. O vinculo do treinador será renovado.

Leia também: Recopa coloca Tite como o técnico mais vencedor da história do Corinthians

“Eu já falei para o Tite que quero que ele fique até o fim da minha gestão que termina em dezembro de 2014. Ele não tem que querer, ou não querer.Ele vai ficar e ponto final”, bateu o martelo o presidente do Corinthians.

E mais: Gobbi canta Chico Buarque, Raul Seixas e Zé Ramalho em festa de título

Logo depois, em entrevista coletiva, Tite foi perguntado se pensa no futuro para 2014. Seleções em busca de técnico para a Copa do Mundo, novos desafios na carreira, convites de todos os lados. O que Tite vai fazer?

“Vou tomar uma caipira com a minha esposa, ela pode esperar. Vou falar com meu filho, filha. Sei que o presidente vai comemorar (esse título) também. Vamos comemorar. Sou muito feliz aqui, sou um profissional privilegiado. Agradeço muito ao Andrés por ter apostado na minha competência e integridade moral. Mas futebol se renova, desafios aparecem. Agora quero relaxar”, disse Tite, que já soma 238 jogos pelo clube. Faltam 17 para ele se tornar o segundo com mais jogos na história corintiana.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.