Gobbi "obriga" Tite a renovar com o Corinthians, mas técnico desconversa

Por Bruno Winckler e Pedro Taveira - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Técnico tem contrato até dezembro com o Corinthians e evitar falar sobre seu futuro

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Tite comemora título do Corinthians na Recopa no vestiário do Pacambu

Tite completa em outubro três anos de Corinthians. Nesta semana engatou 1000 dias no cargo. Seu contrato acaba em dezembro. Ele costuma dizer que este prazo é o limite para um técnico no futebol brasileiro. Mais que isso é quase insustentável. Sorte (ou azar) de Tite que Mário Gobbi, presidente do clube, não tenha a mesma visão.

Tite deve seguir no comando do Corinthians? Comente com outros leitores

Após o título da Recopa – conquista que pôs Tite como o treinador mais vitorioso da história do Corinthians – Gobbi foi questionado sobre o futuro do técnico, um dos mais cobiçados do país e que já disse ter o interesse de trabalhar no Rio de Janeiro. Se depender do mandatário, não tem conversa. O vinculo do treinador será renovado.

Leia também: Recopa coloca Tite como o técnico mais vencedor da história do Corinthians

“Eu já falei para o Tite que quero que ele fique até o fim da minha gestão que termina em dezembro de 2014. Ele não tem que querer, ou não querer.Ele vai ficar e ponto final”, bateu o martelo o presidente do Corinthians.

E mais: Gobbi canta Chico Buarque, Raul Seixas e Zé Ramalho em festa de título

Logo depois, em entrevista coletiva, Tite foi perguntado se pensa no futuro para 2014. Seleções em busca de técnico para a Copa do Mundo, novos desafios na carreira, convites de todos os lados. O que Tite vai fazer?

“Vou tomar uma caipira com a minha esposa, ela pode esperar. Vou falar com meu filho, filha. Sei que o presidente vai comemorar (esse título) também. Vamos comemorar. Sou muito feliz aqui, sou um profissional privilegiado. Agradeço muito ao Andrés por ter apostado na minha competência e integridade moral. Mas futebol se renova, desafios aparecem. Agora quero relaxar”, disse Tite, que já soma 238 jogos pelo clube. Faltam 17 para ele se tornar o segundo com mais jogos na história corintiana.

Danilo leva a melhor sobre Ganso e domina a bola pelo Corinthians. Foto: SERGIO BARZAGHI / Gazeta PressRomarinho comemora com Guilherme após marcar gol do Corinthians. Foto: Fernando Dantas/Gazeta PressOsvaldo recebe a bola marcado de perto por Paulo André em ataque são-paulino. Foto: Andre Penner/APGuerrero pressiona Lúcio na saída de bola do São Paulo. Foto: Andre Penner/APCássio faz a proteção e deixa a bola sair pela linha de fundo. Foto: Andre Penner/APRafl e Luis Fabiano disputam a bola durante o clássico no Pacaembu. Foto: Andre Penner/APVendido ao Tottenham, o ex-corintiano Paulinho aparece no Pacaembu para assistir à decisão. Foto: Getty ImagesTorcida do São Paulo marca presença no Pacaembu. Foto: SERGIO BARZAGHI / Gazeta Press


Leia tudo sobre: titemario gobbicorinthiansbrasileirorecopaigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas