Cuca assume responsabilidade por derrota atleticana e diz: “Vamos reverter"

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Treinador destaca rendimento ruim de toda a equipe e diz que jogadores 'darão a vida' na partida de volta, no Mineirão

Após uma fase de grupos quase perfeita, o Atlético-MG começou a perder rendimento na Libertadores e teve muitas dificuldades para superar Tijuana e Newell’s Old Boys. Contra o Olimpia, no primeiro jogo da decisão, quarta-feira à noite, o time mineiro voltou a jogar mal e perdeu por 2 a 0. O técnico Cuca, que assumiu a responsabilidade pelo resultado em Assunção, promete que novamente o time vai se superar e reverter o quadro.

Leia mais: Com torcida para empurrar, Atlético-MG mostra otimismo para jogo da volta

Ronaldinho observa Cuca ao ser substituído na primeira final da Libertadores. Foto: Jorge Adorno/ReutersPittoni marca de falta e comemora segundo gol do Olimpia na final da Libertadores. Foto: Jorge Saenz/APVictor se antecipa a Ferreira e evita o gol do Olimpia. Foto: Jorge Adorno/ReutersRosinei sofre com a marcação do Olimpia no Defensores del Chaco. Foto: Jorge Saenz/APRonaldinho, que foi substituído no segundo tempo, corre atrás da bola. Foto: Jorge Saenz/APJô lamenta chance desperdiçada pelo Atlético-MG no Paraguai. Foto: Jorge Adorno/ReutersO técnico Ever Almeida orienta o Olimpia na final. Foto: Jorge Adorno/ReutersAlejandro Silva comemora seu gol para o Olimpia no jogo de ida da final. Foto: Jorge Saenz/APDiego Tardelli tromba com goleiro Martin Silva dentro da área. Foto: Jorge Adorno/ReutersO técnico Cuca concentrado durante a final da Libertadores. Foto: Jorge Adorno/ReutersLeonardo Silva briga pela bola com Miranda (à esquerda) e Bareiro. Foto: Jorge Adorno/ReutersPresença feminina chama a atenção na torcida do Olimpia. Foto: Jorge Saenz/APTorcedores do Olimpia levantam "réplica" do troféu da Libertadores. Foto: Jorge Adorno/ReutersAtleticanos marcam presença no Defensores del Chaco para a final. Foto: Jorge Adorno/ReutersRonaldinho sofre marcação dupla do Olimpia no Defensores del Chaco. Foto: Jorge Saenz/APLuan sofre falta de Matías Jimenez no primeiro jogo da final. Foto: Cesar Olmedo/APTaça da Libertadores ficou à beira do gramado antes da partida. Foto: Jorge Adorno/ReutersTorcida do Atlético-Mg compareceu em bom número no Paraguai. Foto: Jorge Adorno/Reuters

"Não rendemos o suficiente. Quando a gente tem sete, oito que rendem, as coisas ficam mais fáceis, mas não aconteceu isto. Foram vários jogadores que tiveram um desempenho irregular. A culpa é minha pela derrota. Obviamente, somos uma equipe, cada um assumindo sua parcela de responsabilidade e eu com a culpa maior pelo tropeço", afirmou.

Relembre o jogo: Olimpia derrota Atlético-MG por 2 a 0 na ida da final da Libertadores

Mesmo com o revés, Cuca segue acreditando no título atleticano e diz que os jogadores vão jogar a partida da vida no Mineirão, na próxima quarta-feira. O treinador promete não desperdiçar o oportunidade de ser campeão da América.

"Na próxima partida, nós temos que fazer muito melhor. Não podemos abrir mão do título. Podemos até perder a Libertadores, mas nós vamos dar a vida no Mineirão. Não tem nada perdido ainda, nós vamos reverter. Tenho otimismo,  tenho fé", declarou.

*com Gazeta Press

Leia tudo sobre: atlético-mglibertadorescuca

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas