Técnico tem solução para tirar Náutico da zona da degola: "A palavra é trabalho"

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Zé Teodoro acredita que o time não demorará a sair dessa situação e que a disponibilidade de todo o elenco é essencial para que o trabalho seja bem realizado

O início do Campeonato Brasileiro não está sendo fácil para o Náutico. Em sete partidas disputadas, o Timbu conquistou apenas quatro pontos e uma vitória, o que deixou o time na lanterna da competição. Diante dessa situação, a única palavra que vem na mente do técnico Zé Teodoro é trabalho. Com novos reforços chegando, o time precisa treinar intensamente para se adequar ao esquema e estilo de jogo do treinador.

"Vou ser curto e objetivo. A palavra é trabalho. Temos que ter tranquilidade nesse momento. A resposta nossa é ir colocando as peças e esperar a evolução e o crescimento. Não tem outro caminho a não ser trabalhar", destacou Zé.

O comandante alvirrubro acredita que o time não demorará a sair dessa situação e que a disponibilidade de todo o elenco é essencial para que o trabalho seja bem realizado.

"As coisas estão começando a fluir. A gente está muito otimista e confiante de poder contar com todo mundo. Todos eles são importantes. Essa permanência nossa ali (na zona de rebaixamento) é momentânea. Vamos conseguir sair e não vai demorar. Vamos buscar de surpreender lá (no Rio de Janeiro) e de buscar pelo menos um ponto contra o Botafogo", afirma.

O Náutico volta a campo pela Série A diante do Botafogo, sábado, às 18h30, no Rio de Janeiro. Zé Teodoro tem consciência de que o jogo será difícil, mas o treinador não deixa de demonstrar a confiança que tem no grupo.

"Temos muita confiança que as coisas vão melhorar. Estamos a apenas quatro pontos para sair da zona de rebaixamento. Isso tudo é momentâneo. É acreditar que as coisas irão tomar um rumo diferente. E esperamos que seja já contra o Botafogo", finalizou.

Leia tudo sobre: náuticoBrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas