Flamengo tenta confirmar classificação diante do ASA

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Após perder o primeiro jogo por 2 a 0, alagoanos precisam vencer por três gols de diferença para seguirem vivos na Copa do Brasil

Getty Images
Mano busca nova vitória no comando do Fla

Embalado pela vitória de 1 a 0 sobre o Vasco, no fim de semana, que tirou o time da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Flamengo tenta confirmar a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil nesta quarta-feira, quando recebe o ASA às 21h50 (de Brasília) no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), pelo confronto de volta da terceira fase. Na ida os flamenguistas venceram por 2 a 0 e deixaram a vaga bem encaminhada.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Com o bom resultado conquistado em Alagoas, o Flamengo pode até mesmo perder por um gol de diferença que vai se classificar. Aos alagoanos resta ganhar por três ou mais gols de vantagem para avançar ou devolver o 2 a 0 para forçar a disputa de pênaltis. Triunfos por dois gols de diferença só garantem os nordestinos a partir de 3 a 1, já que os tentos anotados como visitantes valem para critério de desempate.

Apesar de um cenário amplamente favorável, o Flamengo prefere a cautela ao analisar a partida desta quarta-feira e não conta com a classificação para as oitavas de final como algo consumado.

"O ASA já protagonizou algumas tragédias na Copa do Brasil e por isso não podemos considerar a classificação definida, infelizmente. No futebol não dá para considerarmos uma situação definida antes dela se resolver dentro de campo. Portanto, temos que ir com muito empenho na partida desta quarta-feira", disse o técnico Mano Menezes, em uma alusão ao fato de o ASA ter eliminado o Palmeiras na Copa do Brasil de 2002.

Leia mais: Mano elogia torcida e mostra confiança após vitória no clássico

Na visão dos jogadores flamenguistas o mais importante neste momento é manter uma postura ofensiva, esquecendo completamente do bom resultado conquistado na partida de ida. "Acredito que o Flamengo não deve entrar em campo pensando em vantagem, pois vamos jogar em nosso estado e temos que nos impor, fazendo com que o nosso ritmo de jogo prevaleça. O respeito ao ASA e a seus profissionais sempre vai existir, mas entendemos que temos que partir para cima de nosso oponente na busca da vitória", afirmou o atacante Marcelo Moreno.

O time carioca terá apenas uma alteração em relação à formação que derrotou o Vasco. O atacante Carlos Eduardo será preservado por conta de um programa de preparação física a que vem se submetendo. Assim, Nixon, revelado na base do clube, ganha nova oportunidade e vai compor o setor com Marcelo Moreno e Paulinho.

Pelo lado do ASA, reação é a palavra de ordem. No fim de semana o time foi goleado por 4 a 1 pelo Ceará e segue na zona de rebaixamento com sete pontos. O técnico Leandro Campos, que assumiu a equipe após a queda de Ricardo Silva, que não resistiu a derrota da ida para o Flamengo, vem tentando trabalhar o aspecto emocional dos jogadores, que prometem empenho nesta quarta.

"A situação é difícil, mas não impossível. Temos que pensar em fazer um grande jogo contra o Flamengo e buscarmos a vitória, independentemente se vai dar ou não para nos classificarmos", disse o meia Valdivia, um dos poucos jogadores que tem conseguido escapar da insatisfação da torcida.

A escalação dos alagoanos para esta partida ainda é um mistério, pois Leandro Campos, com pouco tempo para trabalhar, vem tentando aos poucos impor seu estilo ao time. A tendência, porém, é que seja mantida a base que disputou o duelo de ida contra os cariocas, pois não há maiores opções.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO X ASA-AL

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 17 de julho de 2013 (Quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Marrubson Freitas (DF) e José Antônio Filho (RS)

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Wallace, Marcos González e João Paulo; Víctor Cáceres, Elias e Gabriel; Nixon, Marcelo Moreno e Paulinho
Técnico: Mano Menezes

ASA: Gilson, Osmar, Tiago Garça, Edson Veneno e Chiquinho Baiano; Rudiero, Jorginho, Valdívia e Didira; Léo Gamalho e Wanderson
Técnico: Leandro Campos

Leia tudo sobre: flamengoasacopa do brasil 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas