Jogo-treino dos reservas vascaínos mostra boas opções para Dorival

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Na manhã desta terça-feira, os jogadores reservas do Vasco venceram os juniores por 4 a 1

Marcelo Sadio/vasco.com.br
Dorival Júnior comanda treino no Vasco

O técnico Dorival Júnior estreou pelo Vasco com uma derrota de 1 a 0 para o Flamengo, no último domingo. O resultado trouxe preocupação ao treinador, que, inclusive, manifestou o desejo de ver importantes reforços sendo contratados. Porém, as esperanças do comandante em realizar um bom trabalho devem ter aumentado na manhã desta terça-feira, quando ele observou o jogo-treino entre os reservas e os juniores, que acabou com goleada dos primeiros por 4 a 1.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Algumas importantes peças se destacaram e mostraram que podem ajudar a mudar a história do Vasco no Brasileirão. Atualmente, o time figura na zona de rebaixamento, com apenas sete pontos conquistados.

No primeiro tempo, que terminou com vitória dos reservas por 1 a 0, o grande destaque foi o meia colombiano Montoya, contratado junto ao All Boys, da Argentina, e que ainda não teve a oportunidade de estrear porque sua documentação não foi regularizada. Com boa movimentação, velocidade e passes rápidos, o jogador começou a jogada que acabaria com o gol de Abuda. O volante escorou um cruzamento do volante Fillipe Soutto, que jogou de forma improvisada na lateral-esquerda, mas mostrou muita intimidade com o setor.

Leia mais: Reestreia de Juninho pelo Vasco não deve ser em clássico com o Flu

Quem também teve bom desempenho no jogo-treino foi o meia Juninho Pernambucano. O jogador distribuiu seus tradicionais passes precisos, ganhou apalusos dos companheiros e desfilou categoria, inclusive, para consertar algumas bolas que vinham complicadas para cima dele. O jogador não vai conseguir ser regularizado a tempo de participar do clássico deste domingo, às 18h30(de Brasília), diante do Vasco, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela oitava rodada do Brasileirão. Já Montoya tem boas chances de ser relacionado.

No segundo tempo, quem roubou a cena foi o meia Marlone, que mostrou velocidade e começou a infernizar a defesa do time de juniores, comandado pelo ex-atacante Sorato. O apoiador sofreu a falta que originou o gol de Robinho, de cabeça, e deu passe preciso para Edmilson marcar o seu. Marlone definiu o marcador para os reservas, enquanto o único gol dos juniores foi anotado por Fábio. Curiosamente Marlone foi promovido dos juniores em 2009 justamente quando Dorival era treinador do Vasco. Naquela ocasião o comandante se encantou pelo futebol do apoiador, que sequer tinha contrato de profissional. Por pressão do treinador que a diretoria assinou o primeiro contrato de Marlone.

O time de reservas começou o jogo-treino com Michel Alves, Elsinho, Luan, Jomar, Fillipe Soutto; Baiano, Abuda, Juninho e Montoya; Reginaldo e Tenorio. No segundo tempo, entraram na equipe o zagueiro Thadeu Paraguai , o lateral esquerdo Guilherme, os meias Marlone e Thiaguinho e os atacantes Edmilson e Robinho. O ponto negativo da atividade ficou por conta do mau desempenho do atacante Tenorio, que errou muitos passes e perdeu um gol feito. O equatoriano parece estar sentido a concorrência no setor.

Enquanto os reservas foram a campo, os titulares que participaram da derrota para o Flamengo ficaram realizando trabalho em separado na academia. O elenco do Vasco volta a treinar nesta quarta-feira em período integral, e Dorival Júnior deverá começar a definir a equipe que vai enfrentar o Fluminense. De quinta a sábado os atletas trabalharão somente no período da manhã.

Leia tudo sobre: vascodorival juniorigrj

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas