Caro e em jejum de títulos, Luxemburgo se vê sem mercado no Brasileirão

Por Pedro Taveira - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Demitido pelo Grêmio, treinador não faz grande trabalho há anos e precisa se reinventar ou corre o risco de terminar o ano de 2013 desempregado

Futura Press
Luxemburgo ficou um ano e quatro meses no Grêmio, mas não conquistou títulos

Salários altos, comissão técnica inchada, multas rescisórias milionárias e garantia zero de títulos. O “projeto” de Vanderlei Luxemburgo está em crise. Demitido do Grêmio no final do mês passado, o técnico se vê em situação inédita em sua carreira: a falta de mercado. Sem fazer um grande trabalho há anos, o treinador precisa se reinventar ou corre o risco de terminar o ano de 2013 desempregado.

A última vez que Luxemburgo realizou um trabalho duradouro foi entre 2006 e 2007. Na ocasião, o técnico ficou duas temporadas à frente do Santos, mas não conseguiu títulos. A mais recente conquista de expressão foi o Brasileirão de 2004, também pelo time da Vila Belmiro.

De lá para cá, o treinador até venceu cinco campeonatos estaduais por Santos (2006 e 2007), Palmeiras (2008), Atlético-MG (2010) e Flamengo (2011), mas é pouco para quem já foi considerado o melhor do Brasil. Nessas quatro equipes, e também no Grêmio, a falta de títulos de âmbito nacional e, principalmente, continental, pesou contra e ele não emplacou dois anos seguidos em um mesmo clube.

Outro ponto que não ajuda mais Luxemburgo é o fato de o treinador trabalhar uma comissão técnica numerosa. Para todo clube que vai, ele leva o preparador físico Antônio Mello. Quando possível, arrasta também o fisioterapeuta Nilton Petrone, o Filé, que desta vez permanceu no Grêmio. Fisiologistas e nutricionista estiveram sempre em cada time dirigido pelo técnico recentemente.

Vanderlei Luxemburgo comemora gol em sua estreia pelo Fluminense, diante do Cruzeiro (1º/8). Foto: Jorge Rodrigues/Agência Eleven/Gazeta PressVanderlei Luxemburgo já comandou seu primeiro treino pelo Fluminense nesta terça-feira (29/7). Foto: PhotocameraVanderlei Luxemburgo deixou o Grêmio há um mês. Foto: Lucas Uebel/ Divulgação GrêmioForam 91 jogos no Grêmio, com 64% de aproveitamento. Não conquistou títulos. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAEle foi substituído por Renato Gaúcho: mais barato e identificado com o clube. Foto: AENo Flamengo conquistou o Carioca de 2011. Deixou o clube sem deixar saudades. Foto: Gazeta PressPatrícia Amorim foi responsável por sua contratação e demissão. Foto: Alexandre Vidal/Fla ImagemNo Flamengo teve aproveitamento de 60,2%. Foto: AELuxemburgo cobrou muito dos jogadores no treino vespertino do Flamengo em Londrina. Foto: Vicente Seda/iGLuxemburgo e Ronaldinho: clima de paz volta a reinar no Flamengo. Foto: Alexandre Vidal/Fla ImagemLuxemburgo conversa com seus colegas durante o treino. Foto: Vicente SedaLuxemburgo comandou o Flamengo na derrota para o Real Potosí. Foto: Agência O GloboVanderlei Luxemburgo, técnico do Flamengo. Foto: AELuxemburgo vai ao campo para comandar o time contra o Potosí, já 'fritado'. Foto: Agência O GloboLuxemburgo teve duas conversas com grupo de jogadores. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPALuxemburgo está no Grêmio desde quinta-feira. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPALuxemburgo reclamou de erro de posicionamento de Gabriel. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPALuxemburgo conversou com Bertoglio para definir aproveitamento de meia argentino. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPALuxemburgo conversou com grupo do Grêmio. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAVanderlei Luxemburgo conquistou primeira vitória no Grêmio. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAVanderlei Luxemburgo foi campeão da Copa do Brasil em 2003 com o Cruzeiro. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAVanderlei Luxemburgo visitou obras da Arena do Grêmio. Foto: Edu Andrade/Gremio FBPAGrêmio de Vanderlei Luxemburgo fora de casa: sete jogos, quatro vitórias, um empate e duas derrotas. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAVanderlei Luxemburgo ganhou réplica do Olímpico de presente. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAVanderlei Luxemburgo fez mudanças no time do Grêmio para enfrentar o River Plate-SE. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAVanderlei Luxemburgo em ação na vitória do Grêmio. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPALuxemburgo tenta o seu primeiro título na Copa do Brasil. Foto: Gazeta PressVanderlei Luxemburgo irá definir o time do Grêmio neste sábado. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAFernando conversa com o técnico Vanderlei Luxemburgo. Foto: AEVanderlei Luxemburgo está invicto em oito jogos no Grêmio. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAVanderlei Luxemburgo aposta em Bertoglio como substituto de Kleber. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAO técnico do Grêmio, Vanderlei Luxemburgo, antes da partida. Foto: Gazeta PressAndre Lima fez o terceiro gol da vitória gremista. Foto: Futura PressVanderlei Luxemburgo terá o retorno de Gilberto Silva e Marco Antonio ao Grêmio. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAVanderlei Luxemburgo fez reparos à vitória do Grêmio sobre Ipatinga. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAVanderlei Luxemburgo cobra melhora do Grêmio. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAVanderlei Luxemburgo foi flagrado utilizando documentação falsa e foi processado por sonegação fiscal. Foto: AEVanderlei Luxemburgo passa instruções aos jogadores do Grêmio. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAEm 100 anos, o Santos teve 98 treinadores. Dos que comandaram o time nesse século, Luxemburgo lidera o número de partidas,  305. Foto: Futura PressVanderlei Luxemburgo oagou geral em trabalho do Grêmio. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAO treinador do Grêmio, Wanderlei Luxemburgo, se dirige ao banco do seu time no Beira-Rio. Foto: Futura PressO técnico Vanderlei Luxemburgo reclama forte com o quarto árbitro após ter sido expulso de campo. Foto: AEO técnico Vanderlei Luxemburgo, no primeiro jogo após a eliminação do Gaúcho e a 'crise' com o gandula. Foto: Futura PressVanderlei Luxemburgo reclama com a arbitragem na partida entre Grêmio e Fortaleza. Foto: AELuxemburgo comanda treino do alto de torre, ao lado do auxiliar Emerson. Foto: Futura PressEmbalado por Elano e Robinho, o Santos conquistou o título em 2004. Luxemburgo foi bicampeão. Foto: AEO Cruzeiro, de Vanderlei Luxemburgo e Alex, foi o primeira campeão dos pontos corridos. Foto: AEVanderlei Luxemburgo comemora gol de Miralles. Foto: Gazeta PressVelhos conhecidos e ídolos de Palmeiras e Grêmio, Felipão e Luxemburgo se cumprimentam antes da partida. Foto: Gazeta PressLuxa também projetou duelos pela Copa do Brasil. Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPALuxemburgo observa o jogo contra o Barcelona. Foto: Divulgação/GrêmioAntes da chegada ao Grêmio, Roger já estava tentando trabalhar ao lado de Vanderlei Luxemburgo. Foto: Lucas Uebel/Site oficial do GrêmioGrêmio. Foto: Lucas Uebel/Site oficial do GrêmioLuxemburgo observa a partida. Foto: Gazeta PressLuxemburgo assumiu o Palmeiras pela primeira vez em 1993. Foto: Gazeta PressVanderlei treinou o Atlético-MG em 2010. Foto: Gazeta PressEm 2009, Felipão foi homenageado no Palmeiras pelos 10 anos da conquista da Libertadores. Foto: Gazeta PressGrêmio de Felipão em 94 antes de jogo contra o Palmeiras, de Luxemburgo. Foto: Gazeta PressLuxemburgo. Foto: Lucas Uebel/Site oficial do GrêmioAssim como Felipão, Vanderlei Luxemburgo também encarou sua ex-equipe nesta quarta. Foto: Futura PressLuxemburgo. Foto: Lucas Uebel/Site oficial do GrêmioLuxemburgo já quer usar Elano como titular. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAGrêmio busca sequência de bons resultados. Foto: Lucas Uebel/Site oficial do GrêmioVanderlei Luxemburgo. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPAvanderlei luxemburgo treino. Foto: DivulgaçãoO treinador Luxemburgo conversa com Léo Gago durante treinamento do Grêmio pra o jogo deste domingo. Foto: Gazeta PressLuxemburgo se empolga após gol do Grêmio. Jogando no Olímpico, equipe gaúcha goleou o Figueira por 4 a 0. Foto: Futura PressLuxa confirmou Marcelo Moreno e Gilberto Silva. Foto: DivulgaçãoDia também foi de treino para diversas seleções que terão amistosos ou eliminatórias da Copa 2014 na sexta. Portugal se prepara para encarar Luxemburgo de olho no Mundial. Foto: EFEO técnico Vanderlei Luxemburgo comemora gol do Grêmio sobre o Atlético-GO. Foto: Futura PressLuxemburgo comemora o gol do Grêmio . Foto: Futura PressLuxemburgo conversa com o árbitro. Foto: Futura PressLuxemburgo e Abel Braga se cumprimentaram antes da partida no Engenhão. Foto: PhotocameraLuxemburgo assina contrato por mais dois anos com o Grêmio. Foto: DivulgaçãoVanderlei Luxemburgo dá coletiva após vitória apertada do Grêmio, no Olímpico. Foto: Site oficialVanderlei Luxemburgo comemora um dos gols do Grêmio na vitória diante do Caracas. Foto: Site oficialLuxemburgo comanda treino em Caracas antes de duelo desta terça-feira. Foto: Lucas Uebel/Flickr Grêmio

No Atlético-MG, onde ficou por somente nove meses, o técnico inovou e contratou oito nomes para sua comissão. Entre eles estava o ex-árbitro Wágner Tardelli como instrutor sob o argumento de que os jogadores não conhecem as regras do futebol. “Vamos usar o código disciplinar a nosso favor”, disse o comandante à época. Havia também um cinegrafista. O trabalho ruiu em nove meses.

O alto valor cobrado por Luxemburgo sempre espantou. Mas, como os clubes acreditavam no “projeto”, isso nunca foi um grande empecilho. Em sua última passagem pelo Santos, o treinador recebia cerca de R$ 500 mil mensais. Valores semelhantes foram pagos por Flamengo e Atlético-MG. No Grêmio, a quantia teria subido para R$ 600 mil por mês.

TRABALHOS RECENTES DE VANDERLEI LUXEMBURGO
CLUBEPERÍODOCAMPANHATÍTULOS
Palmeiras2008-2009110J, 40V, 30E, 40D - 45,4%Paulista 2008
Santos200926J, 9, 8E, 9D - 44,8%-
Atlético-MG201053J, 22V, 12E, 19D - 49,0%Mineiro 2010
Flamengo2010-201173J, 35V, 27E, 11D - 60,2%Carioca 2011
Grêmio2011-201291J, 52V, 21E, 18D - 64,8%-

Se o investimento já não compensa mais, as caras multas rescisórias praticamente fecham as portas para o técnico. A cláusula com a equipe gaúcha era de R$ 7 milhões. No time mineiro, R$ 4 milhões. Números que fazem dirigentes de qualquer clube brasileiro pensar duas vezes.

No São Paulo, Juvenal Juvêncio despediu Ney Franco há duas semanas e, antes mesmo de decidir por Paulo Autuori, anunciou que o nome de Luxemburgo não estava nos planos. O mesmo fez o Flamengo quando trocou Jorginho por Mano Menezes. O Santos mandou Muricy Ramalho embora, mas buscou duas opções argentinas; sem o acerto, segue com o interino Claudinei Oliveira.

Ainda considerado bom taticamente, o treinador tem a alternativa de diminuir seu preço e o tamanho da comissão técnica para se manter no mercado dos maiores clubes brasileiros. Ou deixar seu status de "manager" e dedicar-se somente ao campo de jogo, sem participar de negociações de atletas.

Leia tudo sobre: vanderlei luxemburgogrêmiosantospalmeirasflamengoatlético-mgigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas