Tite aprova Corinthians por 30 minutos e lamenta chance perdida na tabela

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Equipe foi derrotada pelos reservas do Atlético-MG; se tivesse vencido teria chegado aos 12 pontos e ficado a três do líder Coritiba

Os jogadores do Corinthians deixaram o Pacaembu lamentando as oportunidades desperdiçadas no primeiro tempo da derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG. Tite gostou do que viu na meia hora inicial da partida, momento em que a maior parte das chances de gol foi criada.

LEIA: Corinthians perde gols, falha e é superado por reservas do Atlético-MG

"Nós fizemos 30 minutos muito bons, botando volume, agredindo, fazendo triangulações. Às vezes, pelo ímpeto de definir logo, o time acabou pecando um pouquinho no último terço do campo, foi acelerado demais. Depois desses 30 minutos muito bons, o jogo foi equilibrado", afirmou o treinador.

Para ele, o gol atleticano na única oportunidade dos visitantes na etapa inicial acabou complicando bastante as ações após o intervalo. "O Atlético se retraiu para explorar os contra-ataques. Tentei o Romarinho por dentro, tentei o Pato por dentro. A gente teve volume, mas não teve criação, faltou ser efetivo no último terço do campo", disse Tite.

Tivesse vencido, o Corinthians teria chegado aos 12 pontos e ficado a três do líder Coritiba. Com a derrota na sétima rodada, o alvinegro, ainda sem ganhar duas partidas seguidas no Campeonato Brasileiro, caiu para a 12ª colocação, dois pontos acima da zona de rebaixamento à Série B.

"Estou remoendo esse resultado. Era uma grande oportunidade. Um jogo bom e com vitória nos jogaria lá para o G4, era esse o objetivo. Então, na sequência do trabalho, a gente precisa pegar os 30 minutos em que fomos bem e corrigir o que deu errado depois", concluiu Tite.

Leia tudo sobre: Corinthiansigspbrasileirão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas