Botafoguenses alegaram que o assistente Marcelo van Gasse levantou a bandeira por conta de um suposto impedimento de Eduardo Vargas no segundo gol do Grêmio

A arbitragem de Paulo César de Oliveira na vitória por 2 a 1 do Grêmio sobre o Botafogo gerou reclamações. O atacante da equipe carioca Rafael Marques lamentou a confusão causada no segundo gol gremista.

"Todos pararam quando ele levantou a bandeira, é uma reação automática, nós não sabemos na hora se ele está ou não impedido. Não dá para ele levantar a bandeira e o árbitro não marcar impedimento", declarou o jogador em entrevista à Rádio Tupi .

LEIA:  Com dois gols de Vargas, Grêmio vence o Botafogo na Arena

Os botafoguenses alegaram que o assistente Marcelo van Gasse levantou a bandeira por conta de um suposto impedimento de Eduardo Vargas no segundo gol, mas Paulo Cesar de Oliveira optou por tomar a decisão e validar o gol.

Rafael Marques também falou sobre a dificuldade em atuar na Arena do Grêmio. "Sabíamos que jogar aqui é como uma guerra. Acabamos perdendo no detalhe, mas estamos de parabéns. Vai ser difícil até o fim e não podemos desanimar, não adianta lamentar", comentou.

O Botafogo soma 13 pontos na terceira posição do Campeonato Brasileiro. O jogo contra o Náutico, válido pela oitava rodada da competição, será no sábado, às 21h (de Brasília), em São Januário.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.