Na noite de domingo, um grupo de torcedores compareceu ao aeroporto de Salvador para protestar contra o time, que havia acabado de perder para o Vitória

Denilson em ação pelo São Paulo
Juan Karita/AP
Denilson em ação pelo São Paulo

A série de oito jogos sem vitórias tirou a paciência da torcida do São Paulo. Na noite de domingo, um grupo de torcedores compareceu ao aeroporto de Salvador para protestar contra o time, que havia acabado de perder para o Vitória. O volante Denilson, que não participou da viagem, admitiu o clima pesado com a pressão, mas entende a revolta dos fãs.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Fiquei sabendo do que aconteceu no aeroporto de Salvador. É um clima chato, porque o resultado não está vindo. Não tiro a razão do torcedor, que vai para nos apoiar, mas não acontece do jeito que queremos. Eles agem pela emoção, mas tenho certeza de que vamos voltar a dar alegria à torcida são-paulina", afirmou.

Na cobrança no aeroporto, os torcedores não cometeram agressões, apenas demonstrando o descontentamento com xingamentos contra a maior parte dos atletas, principalmente com o lateral esquerdo Juan. O goleiro Rogério Ceni, que foi poupado dos protestos, ainda tentou conter o ânimos.

Leia mais: Jadson não treina e permanece como dúvida para final da Recopa

A pressão em Salvador não foi o único incidente fora de campo depois da derrota por 3 a 2 para o Vitória. A esposa do volante Wellington se desentendeu com torcedores nas redes sociais, mas Denilson tentou evitar polêmica ao falar sobre o problema.

"Ela agiu como torcedora também, porque estavam falando do esposo dela. Mas temos de estar preparados, porque escolhemos essa profissão. O torcedor também não está errado, porque paga ingresso. Não quero entrar em polêmica e não quero falar disso, porque pode dar problema grande para mim", completou.

Em meio à crise, o São Paulo tentará se recuperar na quarta-feira, contra o Corinthians, pela Recopa Sul-americana, no Pacaembu. No primeiro jogo entre os rivais, o Alvinegro abriu vantagem por 2 a 1, no Morumbi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.