Alessandro comemora retorno, mas lamenta falta de vitórias do América-MG

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Jogador foi acionado pelo técnico Paulo Comelli no jogo contra o Bragantino e se diz satisfeito por ter a chance de voltar a jogar futebol após oitos meses parado

O jogo do América-MG contra o Bragantino, no último sábado, marcou o retorno aos gramados do atacante Alessandro, curado de uma cirurgia no joelho esquerdo. O jogador foi acionado pelo técnico Paulo Comelli, na parte final do jogo, e se diz satisfeito por ter a chance de voltar a jogar futebol após oitos meses parado.

"Tirando o resultado do jogo estou satisfeito. Fiquei praticamente oito meses longe dos gramados e, apesar de ter jogado muito pouco tempo, me senti bem e à vontade", disse Alessandro, que ficou emocionado por voltar a receber o carinho da torcida do América-MG.

"Disse para alguns companheiros que eu estava me sentindo como um juvenil na concentração. Estava estranhando tudo, meio sem lugar. E aqui, ouvir a torcida gritando meu nome, e ainda antes do jogo eu vi meu filho entrar em campo, ele que já estava me perguntando quando eu voltar a jogar, foi mesmo muito emocionante", declarou.

Apesar do retorno aos gramados, nem tudo agradou ao atacante americano, que lamentou o fato do Coelho não ter vencido o Bragantino em casa, amargando um jejum de triunfos diante da torcida.

"É mais uma questão psicológica. Os times chegam aqui e conseguem jogar até com certa facilidade e, nós, temos tido muita dificuldade de sufocar os adversários. Ainda temos muito que melhorar, mas vamos continuar trabalhando para conseguirmos as vitórias", afirmou.

Leia tudo sobre: América-MGSérie B

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas