Miranda elogia chegada de Demichelis, mas quer manter posto de ídolo

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

Zagueiro argentino foi contratado pela diretoria do Atlético de Madrid depois de passagem pelo Málaga e disputará posição com o brasileiro e o uruguaio Diego Godín

EFE
Demichelis chegou ao Atlético de Madrid depois de brilhar no Málaga

Quando desviou cruzamento da direita e balançou as redes do Real Madrid já na prorrogação da final da Copa do Rei, Miranda alcançou o posto de ídolo no Atlético de Madri. Além de garantir o título do torneio, o zagueiro encerrou um tabu de 14 anos diante do maior rival colchonero, mas agora precisa manter a seriedade para superar a concorrência de Martín Demichelis.

O argentino foi contratado pela diretoria atleticana depois de passagem pelo Málaga e disputará posição com o brasileiro e o uruguaio Diego Godín. Apesar da concorrência, Miranda prefere ver a contratação do defensor que fez história no Bayern de Munique como benéfica ao elenco e à defesa que foi a melhor da última edição do Campeonato Espanhol.

"É um grande jogador. É muito bom para o grupo a chegada de Demichelis, aumenta a competência. Nos dará mais qualidade na miolo de zaga e fará com que nós zagueiros estejamos sempre trabalhando para manter nosso nível", alertou o ex-jogador do São Paulo, que usa o carinho da torcida para seguir evoluindo: "Tenho que cuidar deste carinho jogando cada vez mais e melhor".

Outro fator de motivação para Miranda é a possibilidade de marcar o nome na história do Atlético de Madri logo nos primeiros compromissos da temporada. Isso porque os colchoneros enfrentarão o Barcelo pela Supercopa da Espanha em duas finais. A primeira será disputada no dia 21 de agosto no Vicente Calderón, enquanto o duelo decisivo está marcado para o dia 28 no Camp Nou.

"Enfrentar o Barcelo no começo da temporada será muito bonito. Já estamos treinando em alto nível para chegarmos preparados. Sabemos que a dificuldade de enfrenta-los, a princípio, é muito alta, mas trabalhando duro poderemos chegar em perfeitas condições", apostou Miranda, que promete trabalhar duro para ser convocado por Luiz Felipe Scolari.

Leia tudo sobre: atlético de madriespanhafutebol mundial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas