Após rescindir contrato com o New York Red Bulls, dos Estados Unidos, o veterano aceitou voltar a jogar pelo time carioca recebendo só um salário mínimo

Juninho Pernambucano voltou a São Januário na manhã desta sexta-feira. O meia se reuniu com a delegação do Vasco, assinou contrato de seis meses com o clube e foi a campo fazer um treino físico - ele cumprimentou o elenco e foi saudado por alguns torcedores que estavam na arquibancada.

Vasco recebe Dorival Júnior, dá adeus a Carlos Alberto e acerta com Juninho

Às 10h40 (de Brasília), o grupo deixou os vestiários do estádio e subiu ao gramado, onde o técnico Dorival Júnior comandou um treinamento coletivo sem grandes mudanças. No gol, Michel Alves foi confirmado como titular. Já no meio-campo, Fillipe Soutto entrou no lugar de Abuda.

Juninho Pernambucano está de volta ao Vasco, do presidente Roberto Dinamite
Flickr oficial
Juninho Pernambucano está de volta ao Vasco, do presidente Roberto Dinamite

Após rescindir contrato com o New York Red Bulls, dos Estados Unidos, o veterano aceitou voltar a jogar pelo time carioca recebendo só um salário mínimo, mais premiações pré-estabelecidas na firma. A expectativa é a de que ele, já com 38 anos de idade, aposente-se no final desta temporada.

Juninho Pernambucano será reapresentado à imprensa depois das atividades desta sexta, preparatórias para o clássico deste domingo: o adversário será o Flamengo, às 18h30, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Lá, os dois arquirrivais, instáveis financeiramente, poderão arrecadar mais dinheiro.

Dorival Júnior promove três mudanças no Vasco em seu primeiro treino

No entanto, o meia, que será poupado em alguns jogos até o final deste ano, não deverá estar na escalação titular, que formou nesta sexta com: Michel Alves; Nei, Renato Silva, Rafael Vaz e Wendel; Sandro Silva, Fillipe Soutto, Pedro Ken e Alisson; Éder Luís e André.

Durante as movimentações, o Reizinho, também muito assediado pelo presidente Roberto Dinamite, correu pelo campo e se exercitou na academia do clube. Esta é a terceira passagem do armador por São Januário, onde se tornou ídolo da torcida com a conquista da Libertadores de 1998.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.