Ex-jogadores do Inter brilharam na vitória sobre o Chornomorets pela Supercopa da Ucrânia

Fred comemora seu gol com o capitão Srna
Site oficial do Shakhtar Donetsk
Fred comemora seu gol com o capitão Srna

A tradição do Shakhtar Donetsk em contratar brasileiros ganhou ainda mais força nesta temporada com as chegadas de Fernando, Wellington Nem e Fred. Mas enquanto o ex-volante gremista e o ex-atacante tricolor ainda não estrearam em jogos oficiais, o meia que estava no Internacional foi herói na vitória por 3 a 1 sobre o Chornomorets, que rendeu a conquista da Supercopa da Ucrânia.

O antigo dono da camisa 35 do Colorado fez sua estreia nesta quarta-feira pelo novo clube e logo fez valer os milhões investidos em seu futebol. Como havia faturado a Copa da Ucrânia e o Campeonato Ucraniano, o Shakhtar teve de enfrentar o rival da decisão da competição eliminatória mais uma vez e abriu o placar aos 17 minutos após Fred completar passe de Taison, outro ex-Inter.

Aos 33 minutos, a estrela do jovem meio campista voltou a brilhar na cidade de Odessa, aproveitando passe de Rakitskiy. Ainda no primeiro tempo, o Chronomorets chegou a diminuir o prejuízo graças ao gol de Antonov já nos acréscimos.

Para completar a festa colorada em solo ucraniano, que ainda contou com o centroavante Luiz Adriano em campo, Taison foi para a cobrança de pênalti aos 23 minutos da etapa complementar e não desperdiçou. Outros brasileiros em campo foram o ex-vascaíno Alex Teixeira e o ex-gremista Douglas Costa. O ex-flamenguista Maicon ficou no banco de reservas.

Reforço - O Brasil, no entanto, não é o único foco dos dirigentes do Shakhtar e do técnico Mircea Lucescu. De olho em jovens talentos do futebol sul-americano, o clube do Leste Europeu acertou a contratação do centroavante Facundo Ferreyra, campeão argentino com o Vélez Sarsfield e de apenas 22 anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.