Além disso, o comandante alvinegro deixou no ar a possibilidade de que, em breve, seja anunciada uma contratação para o setor ofensivo

Robinho não vem mais para o Santos
AP
Robinho não vem mais para o Santos

O fracasso nas negociações para repatriar o atacante Robinho, atualmente no Milan (Itália), não deixaram chateado o técnico interino do Santos, Claudinei Oliveira. O treinador admitiu que o fim das conversas com o Rei das Pedaladas geraram uma pequena frustração, mas preferiu valorizar a política do clube praiano, no aspecto econômico. Além disso, Claudinei deu a entender que o Peixe têm alternativas para suprir a vaga que seria de Robinho na equipe.

Claudinei lamenta chances perdidas no empate diante do Crac na Vila

"Não estamos chateados, porque a transação era inviável. Ele é um bom jogador, um ídolo, e o Santos fez o máximo para trazê-lo de volta. O Milan também cedeu, todos deram o máximo por um acordo, só que não aconteceu. Só que é melhor o torcedor ficar chateado agora, do que amanhã sair na mídia que o time está com problemas financeiros, não paga salários em dia, etc. Felizmente, isso não acontece aqui no Santos", disse Claudinei, enaltecendo a direção santista.

"O Santos tem que manter os pés no chão, sempre. Pode ser que, na próxima janela (no início de 2014), ele venha. Claro que a gente gostaria de contar com o Robinho e ele esperava retornar, mas não podemos dar um passo maior do que a perna", comentou.

Além disso, o comandante alvinegro deixou no ar a possibilidade de que, em breve, seja anunciada uma contratação para o setor ofensivo. "Temos negociações adiantadas, mas não vamos declinar nomes aqui. A diretoria está trabalhando, procurando opções para reforçar o nosso elenco", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.